Carl McCoid, de 43 anos de Bridlington, Yorkshire, Inglaterra afirmou que as suas 29 tatuagens de Miley Cyrus lhe estão a arruinar a vida amorosa e, pelo que consta, já terá implorado ao autor das mesmas para as cobrir.

O homem fez a primeira tatuagem em 2010 e desde aí terá gasto mais de 3400 euros para tatuar o corpo com letras de canções, retratos e autógrafos da estrela.

No entanto, no ano passado, Miley terá gozado com Carl, depois de afirmar numa entrevista que os desenhos eram feios.

Agora, o indivíduo, que também é pai de três filhos, adianta que tudo se centra nos desenhos e que não consegue seguir com a sua vida em frente. Isto, já para não falar que o homem não se identifica com muitas das ações de Cyrus e por isso, não quer estar mais associado à sua figura.

Há poucas semanas, McCoid começou a remover os desenhos com laser: “Dói muito. É dez vezes pior do que fazê-las, mas a dor não me importa, quero é seguir em frente”, declarou.

Assim sendo, Carl McCoid terá um longo caminho pela frente.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.