Bruno de Carvalho deixou nas mãos da Assembleia Geral, que está agendada para dia 17 de fevereiro, a decisão de continuar, ou não, a ser o presidente do Sporting.

Uma questão que não une todos os adeptos, uma vez que nem todos concordam com a permanência do presidente no clube, como é o caso de Felipa Garnel.

Recentemente, a atriz e apresentadora recorreu às redes sociais para deixar a sua opinião.

“Este Bruno de Carvalho é um alarve, um ordinário. Nenhum sportinguista se deveria rever nas atrocidades que ele diz, na forma vil como trata as pessoas, na maneira rasca com que conduz o seu mandato. ‘Quando durmo, durmo com os três olhos fechados’, é apenas uma das suas últimas pérolas… Como já aqui disse várias vezes, sempre fui, sou e serei Sporting até morrer, mas neste momento tudo o que quero é que os resultados do meu clube sejam maus para ver se este energúmeno sai do ‘poleiro’ de uma vez por todas. Palavra de honra que dou por mim a torcer para que o Sporting não ganhe, pois, talvez, com maus resultados, os que votaram e votam nele acordem para a vida. Que vergonha. E que nojo”, disse a figura pública no Facebook.

Palavras que não deixaram o presidente do Sporting ficar indiferente. “Da saga: não existem sportinguistas que desejam a derrota do Clube… Quando um dia nos cruzarmos eu vou dizer-lhe ao ouvido o que disseram a minha mulher, filha, pai e mãe sobre si... Quanto a mim só lhe desejo saúde… Beijos tia e bom chá! Não se esqueça de não abusar do chá preto por obséquio, faz um mal terrível ao palato. Bem haja tia! Fofuras para si”, respondeu Bruno de Carvalho.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.