Nesta fase complicada da sua vida, Kesha não está sozinha. Além de todos os artistas que defendem a cantora, depois desta ter acusado o produtor Dr. Luke de assédio sexual, os seus fãs reuniram-se em frente à sede da Sony, em Manhattan, Nova Iorque, na tarde de sexta-feira, dia 26, uma semana depois de o juiz ter negado o pedido da cantora em relação à 'anulação' do contrato com o produtor, adiantou The Guardian.

De acordo com o site da Revista Quem, em comunicado, a Sony deixou claro que já fez de tudo para que a cantora não precisasse de trabalhar mais com o produtor, mas que em relação aos contratos não há nada a fazer.

Christine Lepera, advogada de Dr. Luke, disse à Rolling Stone que a celebridade estaria livre para gravar novas músicas sem ter de trabalhar com o produtor.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.