Drake usou as redes sociais para partilhar uma carta onde fala sobre o tiroteio fatal de Alton Sterling e comenta a relação que há entre a polícia dos EUA e as "comunidades negras".

De acordo com The Guardian, Sterling, um homem negro de 37 anos, foi baleado e morto por um polícia na sequência de um confronto fora de uma loja em Baton Rouge.

Ao que parece, imagens mostram Sterling a ser baleado no peito à “queima-roupa” depois de ter sido atirado para o chão.

Drake não ficou indiferente a toda esta situação e partilhou uma carta no Instagram.

"Estou grato por ser capaz de chamar América como a minha segunda casa. Na noite passada, quando vi o vídeo de Alton Sterlinga a ser morto fiquei desanimado e muito assustado. Acordei esta manhã com uma forte necessidade de dizer algo.

É impossível ignorar que a relação entre as comunidades negras e a aplicação da lei continua a ser tensa como era à décadas atrás. Ninguém começa a vida com um hashtag. No entanto, a tendência de serem reduzidos a um, continua.

Este é real e eu estou preocupado. Preocupado com a segurança da minha família, dos meus amigos e qualquer ser humano que poderia ser vítima desta situação. Eu não sei a resposta, mas acredito que as coisas podem mudar para melhor. O diálogo aberto e honesto é o primeiro passo.

Os meus pensamentos e orações estão com a família de Sterling e qualquer outra família que perdeu alguém neste ciclo de violência", lê-se.

Para saber mais informações sobre este caso, clique aqui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.