O cantor, músico e compositor Armando Gama, que representou Portugal no Festival Eurovisão da Canção em 1983, em Munique, na Alemanha, ex-marido da cantora e locutora Valentina Torres, foi detido por violência doméstica na tarde da passada terça-feira. Ao chegar à habitação onde residiu nos últimos anos, em Sobreiro, em Mafra, o intérprete de "Esta balada que te dou" foi surpreendido pela presença de agentes da Guarda Nacional Republicana (GNR) à porta.

O artista de 65 anos, acusado de agredir fisicamente e coagir psicologicamente a companheira, 35 anos mais nova, com quem tem um filho de cinco anos, foi, seguidamente, levado para o posto da GNR de Pero Pinheiro, onde passou uma noite antes de ser ouvido por um juiz no Tribunal de Sintra, na Portela de Sintra. Depois da audiência, o cantor saiu em liberdade com a condição de não contactar a vítima e de mudar de casa, avança hoje o Correio da Manhã.

De acordo com o matutino da Cofina, a detenção foi feita pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da GNR de Lisboa, o organismo que recebeu as queixas da mulher de 30 anos. Segundo a publicação, algumas das agressões terão ocorrido em frente à criança. Contactado pelo jornal, o acusado não quis prestar declarações. "Não comento", limitou-se a dizer o artista. Armando António Capelo da Gama nasceu em Luanda, em Angola, em 1954.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.