O ator norte-americano Kevin Spacey declarou-se hoje inocente das acusações de cinco crimes sexuais, num tribunal em Londres, num processo cujo julgamento começará em junho de 2023, foi hoje anunciado.

Kevin Spacey, 62 anos, tinha sido formalmente acusado, a 13 de junho passado, de agressão sexual a três homens, entre os 30 e os 40 anos, e ficou em liberdade, porque a justiça considerou não haver risco de fuga, uma vez que colaborou com a polícia e na investigação.

Hoje o ator apresentou-se num tribunal, em Londres, onde se declarou inocente das acusações de crimes que terão sido cometidos entre 2005 e 2013, no Reino Unido. O julgamento deste caso foi marcado para 06 de junho de 2023.

A polícia de Londres tinha aberto uma investigação após receber queixas de agressões sexuais contra o ator, algumas das quais alegadamente cometidas na zona de Lambeth, onde se situa o teatro Old Vic, do qual foi diretor artístico entre 2004 e 2015.

Kevin Spacey, de 62 anos, já tinha sido visado em vários casos de agressão sexual e comportamento inapropriado em 2017, numa polémica que desencadeou denúncias com outras figuras do entretenimento e esteve na origem do movimento #MeToo.

Até então uma figura respeitada do cinema norte-americano e do teatro britânico, o ator, vencedor de dois Óscares, acabou despedido da série "House of Cards", da plataforma Netflix, e retirado do filme "Todo o dinheiro do mundo", de Ridley Scott.

Leia Também: Aos 36 anos, Lindsay Lohan mostra-se sem maquilhagem

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.