"Fui educada a não discriminar". É desta forma que Catarina Furtado começa uma publicação que fez na sua conta de Instagram e onde reflete a importância da empatia na sociedade.

"Fui educada a fazer diariamente o exercício de me colocar na situação de vida de outras pessoas, com características diferentes, enquadramentos diferentes para as entender, sem paternalismos, sem tolerância mas sim com a palavra de ordem de uma sociedade saudável: respeito", defende.

A apresentadora do programa 'Príncipe do Nada' revelou que os espectadores do formato poderão conhecer pessoas "que são de que os ciganos não são todos iguais".

"Em tempos muito perigosos de populismos baratos, ideias preconcebidas enraizadas em terra de muita ignorância, acredito que este trabalho meu e da minha equipa pode ajudar a derrubar preconceitos! E é quando a minha profissão se confunde com a minha pessoa, o ser e o fazer", completa.

Leia Também: Catarina Furtado homenageia Monica Vitti após notícia da sua morte

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.