Carolina Deslandes dedicou um texto à importância que os professores têm na vida e desenvolvimento dos alunos. Depois de ter dado o seu próprio exemplo, ao revelar que nunca mais esqueceu uma das suas professoras, a cantora lamentou que ainda hoje a profissão de docente não seja valorizada como deve.

"Volto sempre à professora Clara. Que me disse que eu escrevia bem e que contava bem histórias. Que falou com a minha mãe preocupada porque os meus 11 anos já carregavam muita solidão lá dentro. Volto sempre à professora Clara e ao que faz a uma pessoa ter alguém que lhe diga 'tu és especial a fazer isto'. Os fogos que acende, os rios que deixa correr. Mudou a minha vida a professora Clara. Nem sei se ela sabe", começa por escrever.

"Por isso é que pra mim continua a não fazer sentido que os professores não sejam vistos com a importância que têm. Os professores alteram as linhas com que nos cosemos, alteram o resto da vossa vida, dão adubo às nossas capacidades e são quem passa mais tempo connosco, para além dos nossos pais. Os professores ensinam a vida", defende.

"Olho p’ra trás e orgulho-me das migalhas que tenho deixado na estrada. Mas tenho a certeza que se há A vida Toda, a Nuvem, o Por um Triz - é porque um dia a professora Clara me chamou e disse para eu não parar", recorda.

"Um bem haja aos nossos professores. Ao ensino, à altura em que somos felizes sem saber. E em que nos formamos para a vida", completa, partilhando um vídeo de um dos filhos, Guilherme, com a sua professora.

Eis a publicação:

Leia Também: Carolina Deslandes 'derrete-se' com momento carinhoso entre os filhos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.