Diogo Piçarra foi acusado de plágio após ter cantado o tema ‘Canção do Fim’, que o levou a vencer a segunda meia-final do Festival da Canção.

Nas redes sociais, foram muitos os que disseram que o artista plagiou a música de um pastor da IURD – Igreja Universal do Reino de Deus. Perante as acusações, Diogo Piçarra afirmou: "A minha consciência está tranquila".

Quem não ficou indiferente à polémica foi a cantora Márcia, que fez questão de recorrer às redes sociais para deixar uma mensagem de apoio ao jovem artista.

“Já sei que anda tudo a malhar no Diogo e eu, não tendo nada a ver com isso garanto-vos; Quem conhecer o Diogo encontra um miúdo simples e genuíno. Verdadeiro. Acredita em tudo o que canta. Plágio, odeio. Mas plagiar requer intenção ou, pelo menos, noção. Por isso não houve plágio nenhum. A melodia pode ser básica e patética, digna de um pastor da iurd. Mas até agora ninguém fez uma letra (que seja!) a pensar na merda de apatia e passividade que temos hoje em dia perante o horror que se vive na Síria, os muros físicos que se levantaram para impedir a entrada e sobrevivência de gente que foge ao genocídio do seu povo, perante a cegueira voluntária do primeiro mundo. Força Diogo Piçarra. Todo o meu respeito”, escreveu Márcia na sua página do Facebook.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.