Camila Cabello já tinha confessado anteriormente que sofria de vários problemas psicológicos relacionados com a ansiedade. Um estado emocional que levou a cantora a desenvolver um transtorno obsessivo compulsivo (TOC).

Aos 21 anos, Camila falou sobre a forma como vive com a doença na mais recente edição da revista Cosmopolitan. De acordo com as declarações da jovem artista, o seu TOC traduz-se na necessidade de verificar as coisas repetidamente, desenvolver rituais que devem ser completados e de se fixar nos problemas.

"O TOC é estranho. Eu consigo rir-me disso agora. Todos temos diferentes maneiras de lidar com o stresse. E, para mim, se eu ficar realmente stressada com algo eu vou ter o mesmo pensamento várias vezes, não importa quantas vezes eu chegue à resolução, eu sinto que algo mau está prestes a acontecer se eu não continuar a pensar nisso.”, começou por dizer.

Depois de ter percebido que sofria de um transtorno, a ex-integrante da banda Fifth Harmony aprendeu a lidar com a doença e a conseguir controlá-la para que ela não tenha um efeito negativo na sua vida. “Eu sinto que consigo controlar isto agora. Ao ponto de eu pensar: ‘Ok, isto é apenas o meu TOC”, acrescentou. "Faço uma pergunta à minha mãe pela quarta vez e ela já me vai dizer: 'Isso é o TOC. Tens de deixar passar'”, rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.