Britney Spears estava a ser investigada depois da governanta ter acusado a atriz de agressão e de lhe ter tirado o telemóvel à força. Declarações que caíram por terra, uma vez que não haviam provas suficientes para avançar formalmente com a acusação.

Uma decisão que deixou a artista "aliviada", como contou uma fonte ao Page Six.

"A Britney está aliviada por deixar isto para trás", disse. "Todo o 'incidente' - se é que se pode chamar assim - foi exagerado", acrescentou, referindo que a cantora "estava disposta a cooperar" com as autoridades para "limpar o seu nome".

Britney Spears terá discutido com a funcionária por esta ter levado os cães da cantora a um veterinário e não os trouxe depois de volta para casa. No entanto, as autoridades explicaram em comunicado, esta quarta-feira, que a governanta "não tinha ferimentos visíveis" e apenas a proteção do ecrã do telemóvel é que tinha sido "danificada" durante a discussão.

Assim sendo, concluíram que não havia "evidências suficientes de que tinha ocorrido um crime".

Leia Também: Acusações de agressão contra Britney Spears 'caem por terra'

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.