Esta quarta-feira, dia 29, Júlia Pinheiro esteve à conversa com a atriz Rosa Villa no seu programa da tarde, na SIC. Foi neste âmbito que a artista fez uma confissão relativamente a um vício que se apercebeu ter aos 52 anos de idade: o do álcool.

"Quando fazemos os tratamentos de drogas, nos folhetos diz que o álcool também é uma droga. Mas acho que ficou mal resolvido, tanto que a coisa não foi favorável. Então ao jantar, como ele bebia o seu copo de vinho, eu também comecei a beber. Só que ele bebia um ou dois e eu continuava ali pela noite dentro", conta, referindo-se ao companheiro e ao seu passado de luta contra a adição em drogas.

"Quando dei por mim estava alcoólica. E ele percebeu. Avisou-me. Tive de fazer novamente um tratamento", acrescenta, sublinhando que o mesmo aconteceu no hospital Júlio de Matos.

"Enquanto que com a droga a minha filha não se apercebeu de nada, aqui apercebeu-se. Às vezes haviam amiguinhas que iam lá a casa e sabiam que estava alcoolizada. Isto não é agradável para nenhuma filha", recordou, já em lágrimas, reconhecendo que a filha sofreu muito e que não merecia ter passado pelo que passou.

Eis o momento.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.