O aproximar da data em que se completa uma década da morte de Patrick Swayze motivou o lançamento de um novo documentário sobre a sua história de vida.

‘Patrick Swayze: Ghosts & Demons’, lançado pelo canal norte-americano Reelz, reúne um conjunto de depoimentos de médicos e amigos que privaram com o ator e que agora revelam os hábitos prejudiciais que podem ter contribuído para a causa da sua morte: o cancro no pâncreas.

"Ele tinha uma personalidade de viciado e eu sei que lutava para não beber demais e que isso era um problema. O Patrick amava fumar, era um típico dançarino que fuma sem parar. Ele tinha alguns demónios com os quais lidava", diz Nikki D’Amico, amiga e parceira de dança da estrela de ‘Darty Dancing’.

Alguns testemunhos presentes no referido documentário vão ainda mais longe ao afirmarem que Patrick Swayze chegou mesmo a fumar mais de 60 cigarros por dia.

Leia Também: Lily Allen pode estar a namorar com ator de 'Stranger Things'

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.