Uma das últimas celebridades a defender Meghan Markle foi Patrick J. Adams, ator com quem esta contracenou na série 'Suits', quando ainda era atriz.

Através da sua conta de Twitter, Patrick defendeu a mulher do príncipe Harry notando que que foi a artista mais "entusiasta, generosa, cooperante e alegre" com quem trabalhou.

"Ela sempre foi uma super mulher com um profundo sentido moral, uma forte ética de trabalho e nunca teve medo de falar, de ser ouvida e de se defender", afirmou esta sexta-feira, dia 5.

Adams, de 39 anos, culpabilizou a família real britânica, que descreveu como sendo "complicada, e pior, arcaica e tóxica".

"É OBSCENO que a família real, cujo mais recente membro está atualmente e CRESCER DENTRO DELA, esteja a promover e a amplificar as acusações de 'bullying' contra a mulher que basicamente foi forçada a sair do Reino Unido para proteger a família e a sua saúde mental", afirmou, referindo-se à gravidez de Meghan Markle.

"Este novo capítulo e o momento em que acontece é apenas mais um exemplo da vergonha da instituição que sobreviveu apesar da sua relevância, à credibilidade decrescente e à aparente falência da sua decência", defendeu.

"Encontrem alguém para admoestar, repreender e atormentar. A minha amiga Meghan está fora da vossa liga", completou.

Leia Também: Meghan Markle diz que a família real a 'proibiu' de tomar decisões

Leia Também: Amiga defende Meghan Markle e mostra fotos únicas

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.