O rei Carlos III tem várias particularidades sendo que as que mais se destacam são as exigências que faz aos empregados do Palácio de Buckingham.

Quem o refere é Omid Scobie, especialista em realeza, no seu novo livro 'Endgame: Inside the Royal Family and the Monarchy’s Fight for Survival' e que ficou conhecido por ter tomado o partido do príncipe Harry e de Meghan Markle desde que estes abandonaram o núcleo senior da família real britânica.

O autor revela algumas das exigências "ridículas" do soberano. Por exemplo, para ficarem perfeitos, os ovos só podem ser cozidos durante exatos "quatro minutos" - "nem mais, nem menos, senão serão enviados de volta para a cozinha".

Para além disso, Carlos III faz questão de viajar com lençóis "vaporizados" e os seus pijamas têm de ser dobrados de forma "prensada".

E apesar de ser milionário, o rei "nunca" deita fora os seus velhos sapatos, em vez disso, pede ao sapateiro que "os traga de volta à vida". Outro pormenor curioso é que os atacadores dos sapatos têm também de ser engomados.

Por fim, mas não menos curioso, Carlos III aprecia quando alguém coloca exatamente "2,54 centímetros" de pasta de dentes na sua escova, na sua rotina noturna antes de ir para a cama.

Leia Também: Carlos III terá sido uma das pessoas que questionou "cor de pele" do neto

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.