David Halls, o assistente que entregou a Alec Baldwin a arma que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins, quebrou o silêncio sobre o trágico acidente que aconteceu nas filmagens do filme 'Rust'.

Esta segunda-feira, 1 de novembro, o New York Post publicou declarações de Halls no qual este lamentou profundamente a morte da amiga.

"Halyna Hutchins não era apenas uma das pessoas mais talentosas com quem já trabalhei, mas também uma amiga [...] Estou chocado e triste com a sua morte", afirmou.

O assistente frisou que "espera que esta tragédia leve a indústria a reavaliar os seus valores e práticas, para garantir que ninguém fique ferido durante o processo criativo".

Na mesma nota, o assistente agradeceu ainda o "amor e apoio" que tem recebido ao longo das últimas semanas.

Antes de chegar às mãos de Alec Baldwin, vale referir, a arma que tirou a vida a Halyna Hutchins passou por David Halls, assistente de produção, e Hannah Gutierrez-Reed, supervisora das armas.

O acidente decorreu a 21 de outubro no set de filmagens de 'Rust', no Novo México. Halyna Hutchins morreu aos 42 anos e o realizador Joel Souza ficou ferido no ombro.

Leia Também: Joel Souza visto pela primeira vez desde acidente com Alec Baldwin

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.