Armie Hammer já não irá integrar o elenco do filme 'Shotgun Wedding' para o qual tinha sido convidado. O Page Six conseguiu apurar que tal aconteceu devido ao escândalo que surgiu no passado fim de semana, onde o ator foi acusado de canibalismo e sadomasoquismo por parte de uma mulher nas redes sociais.

Uma fonte próxima do projeto adiantou que Armie foi afastado da trama de comédia que iria começar a preparar este ano.

Informação entretanto confirmada à publicação por um representante da produtora. "Devido ao começo próximo de 'Shotgun Wedding', o Armie pediu para se afastar do filme e nós apoiamos a sua decisão", informa.

Por seu turno, o artista já teve a oportunidade de comentar a polémica. "Não vou responder a essas acusações difamatórias, mas tendo em conta os ataques na Internet contra mim, não posso em boa consciência deixar os meus filhos por quatro meses para ir gravar um filme à República Dominicana".

A sua personagem no filme irá ser interpretada por um outro ator.

Leia Também: Armie Hammer acusado de canibalismo após denúncia de mensagens insólitas

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.