Marraquexe pode ser conhecida como a “cidade vermelha”, mas há vários motivos para ser considerada a “pérola do sul” e um deles é sem dúvida a atração pelo seu lifestyle. A cidade marroquina é um oásis do relaxamento, com spas que têm conquistado grandes nomes internacionais, como a diva da pop Madonna, que escolheu este destino para celebrar os 60 anos.

Devido à sua popularidade, atualmente é bastante acessível chegar até esta deslumbrante cidade marroquina, a partir dos principais aeroportos nacionais.

Veja as nossas dicas imperdíveis e desfrute de uma experiência única.

O relaxante mundo dos hammams   

Marraquexe é o paraíso dos hammams, associados no mundo ocidental ao spa. Haverá poucos lugares onde pode relaxar tanto quanto num destes locais de ambiente oriental e (usualmente nesta cidade) num edifício deslumbrante. Dada a vasta oferta, o difícil será escolher. No entanto, há lugares icónicos onde o tratamento de luxo lhe dará a sensação de ter ganho dez anos de vida. O Les Bains de Marrakech é um desses lugares, assim como o moderno Villa Makassar.

hammams

O spa de La Maison Arabe, o spa Dior Essaadi Hotel e o spa do Hotel Sofitel Marrakech são também alguns dos mais badalados da cidade. A Thai School of Traditional Massage do Fellah Hotel é ainda uma excelente opção, assim como o Palais Khum. Existem ainda diversos hammams e locais mais acessíveis onde poderá relaxar sem a ajuda de profissionais, bastando para isso adquirir as maravilhosas máscaras de argila e óleo de Argannum nos mercados de rua.

A atmosfera imperdível dos mercados

Em Marraquexe ouvirá falar deles como souks, já que numa cidade árabe corresponde a área comercial da mesma. Os 18 souks atraem milhares de visitantes por dia ou não se tivessem tornado uma das principais atrações de Marrocos. Nas movimentadas ruas, as cores, a música e o cheiro criam uma atmosfera única para descobrir verdadeiros tesouros, concentrando-se os dois principais na praça Djemaa El-Fna.

Souks

Como os mercados estão agrupados por tipo de produtos, para encontrar as tradicionais (e tão na moda) babuchas explore o souk Smata, enquanto que o souk Dlala é o local ideal para regatear roupa. Imperdíveis são o souk Rabia, para adquirir tapetes, ou o Dhabia para comprar jóias.

A icónica casa Yves Saint Laurent

São várias as personalidades famosas que se apaixonaram por Marrocos, mas poucas deixaram um legado em Marraquexe como Yves Saint Laurent. Aliás, houve um “antes e depois” de Marraquexe para o estilista, que disse que a cidade lhe ensinou a cor: “Antes de Marraquexe tudo era negro”.

O estilista de alta costura adquiriu nos anos 80 a propriedade dos jardins Majorelle que se tornaram um ponto de visita obrigatório na cidade. Na antiga casa de férias do estilista está localizado o Museu de Arte Islâmica, montado no antigo atelier de Jacques Majorelle, este museu reúne uma colecção com jóias berberes, rendas e artefactos de madeira entalhada – muitas peças são privadas de Yves Saint Laurent e Bergé. Está aberto ao público e pode ser tudo visitado.

Yves Saint Laurent

Os jardins ao longo da propriedade tornam o ambiente ainda mais harmónico. Mas devido à ligação de Saint Laurent à cidade, em 2017 abriu as portas um museu dedicado à sua carreira. São mais de mil objetos que remetem para o trajeto do estilo deste designer de moda francês: desde os vestidos de cocktail impressos com as pinturas de Piet Mondrian a um casaco bordado à mão inspirado na arte de Van Gogh. Até 16 de outubro, há ainda para ver a exposição temporária “Garden of Memory”.