A TAP Air Portugal está a voar para novos destinos. Na Europa, são quatro as rotas em estreia. Além de Basileia na Suíça e de Dublin na Irlanda, que têm agora dois voos diários, a companhia de aviação portuguesa voa também para Nápoles em Itália e para Tenerife em Espanha, duas cidades servidas por uma ligação diária. Em junho, a empresa inaugurou três ligações diretas a Chicago, São Francisco e Washington, nos EUA.

"Iremos continuar a apostar neste país, onde já temos sete operações. Nestas novas rotas, são cinco os voos semanais para cada. Há aqui um potencial enorme. Lisboa pode funcionar como um hub de ligação para trazer turistas norte-americanos para a Europa e até para África, mas também não queremos descurar a nossa oferta na Europa", confirmou ao Modern Life fonte da empresa. O Médio Oriente é outra das apostas.

10 destinos europeus para quem ainda não sabe onde é que há de ir de férias
10 destinos europeus para quem ainda não sabe onde é que há de ir de férias
Ver artigo

"Temos um novo voo diário para Telavive, em Israel. É o primeiro destino que vamos ter nesta região do mundo. É um destino que, neste momento, está muito forte, com uma grande oferta cultural e grandes possibilidades em termos de turismo religioso", refere a mesma fonte.

Em África, outro dos mercados em que a companhia aérea está de olho, Conacri, na República da Guiné, é uma das novas ofertas. Banjul, capital da Gâmbia, é a aposta seguinte. "Essa operação arranca em outubro", confirma a mesma fonte da TAP Air Portugal.

"Vamos ter três voos semanais, tal como já sucede com Conacri", acrescenta ainda. "Além do investimento em novas aeronaves, vamos continuar a apostar em novas rotas e em rotas diferentes. Já voamos para 18 destinos em 14 países e queremos continuar a crescer de forma sustentada", assegura a mesma fonte. "A operação da TAP [Air Portugal] está melhor este ano", assumiu, na passada terça-feira, Miguel Frasquilho.

Em declarações à imprensa, à margem da cerimónia de batismo do novo Airbus A320neo, batizado com o nome do guitarrista Carlos Paredes, no dia em que se assinalavam os 15 anos da sua morte, o presidente do conselho de administração da empresa confirmou o bom momento da companhia, que pode vir a transportar mais 800.000 passageiros este ano. "As perspetivas para o resto do ano são positivas", assegura o gestor.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.