Iniciada, produzida e distribuída pelo Museu de Belas Artes de Montreal, em colaboração com o Grupo Clarins e a Maison Mugler, a estreia mundial da exposição será em Montreal em março de 2019.

Como parceiro de colaboração, o Kunsthal Rotterdam irá ser o segundo local a receber esta exposição e o primeiro na Europa a mostrar esta retrospetiva única.

A exposição “Thierry Mugler: Couturissime” reúne mais de 140 conjuntos, a maioria deles expostos pela primeira vez, criados entre 1973 e 2001, assim como muitos acessórios e figurinos, vídeos inéditos, documentos de arquivo e esboços.

Uma centena de trabalhos dos maiores fotógrafos de moda contemporâneos como Richard Avedon, Guy Bourdin, Jean-Paul Goude, David LaChapelle, Helmut Newton, Herb Ritts e Dominique Issermann completam a exposição.

Muitas das galerias foram desenhadas por diversos artistas, e o estilista londrino Tord Boontje também criou candelabros de cristal Swarovski para uma das galerias.

“Thierry Mugler: Couturissime” traça o caminho de um criador excecional que revolucionou a moda com cortes morfológicos e futuristas e silhuetas glamourosas, esculturais e elegantes; linhas direitas e ombros super-heroína; e uma cintura espartilhada vestindo uma mulher sublime, sensual e poderosa em constante metamorfose.

Emily Ansenk, diretora da Kunsthal acrescentou: "Estamos muito orgulhosos de poder apresentar mais um ícone da moda ao público este outono. O Kunsthal estabeleceu uma forte tradição na programação de exposições de moda de renome mundial na Holanda - desde Jean Paul Gaultier e Peter Lindbergh até Viktor & Rolf - e consideramos uma grande honra ser o primeiro local na Europa a mostrar esta retrospetiva especial de Thierry Mugler”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.