O complexo de oito edifícios experimentais foi construído em 2018 na grande cidade de Chengdu, capital da província de Sichuan. Na época, o projeto era descrito como "uma floresta vertical".

Os apartamentos desta área residencial, denominada "Jardim da Floresta Qiyi", têm varandas com vegetação abundante, dando aos edifícios a aparência de uma pequena selva.

De acordo com o site da imobiliária responsável pelos imóveis, os 826 apartamentos foram vendidos muito rapidamente em abril de 2018. Mas hoje em dia, quase ninguém mora por estas bandas.

Veja as fotos

Vídeos feitos no início de setembro mostram edifícios de aparência negligenciada, onde a vegetação parece ter invadido literalmente o local. Nas imagens, uma minifloresta estende-se por muitas varandas e paredes externas.

Alguns apartamentos parecem movimentados, com plantas bem cuidadas e móveis na varanda. Em muitos outros, essas áreas externas estão cobertos por vegetação abandonada.

Apenas dez famílias vivem agora no bairro, de acordo com o jornal "Global Times".

A baixa taxa de ocupação deve-se à presença de muitos mosquitos, que proliferam por causa da vegetação, disseram os moradores ao jornal citado pela agência de notícias France-Presse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.