De acordo com a organização, esta é a maior exposição de sempre da Feira do Livro de Lisboa (FLL), com 140 participantes distribuídos por 340 pavilhões já construídos com recurso a materiais menos poluente, mantém a preocupação com o seu impacto ambiental. Nesta edição, conta com 14 novos participantes e 961 chancelas representadas.

Mas há mais para além dos livros. Na Loja da Feira, os visitantes podem adquirir um saco ecológico para as suas compras, um bloco para anotar a sua lista de livros e, antes de começar o passeio, um chapéu para os dias de sol. A FLL oferece ainda várias zonas de restauração para que os visitantes possam experimentar as mais diversas ofertas gastronómicas ou refrescarem-se com uma bebida. E porque a FLL é para todos, este ano os animais de estimação não foram esquecidos com o regresso do RefresCão - espaços com sombra e água para que os cães se possam hidratar -, que se encontram nas entradas da Feira.

Mas há outras novidades. Tome nota do que vai acontecer por lá.

Hora H

A Hora H está de volta com os descontos mínimos de 50% em livros lançados há mais de 24 meses, funcionando entre os dias 29 de agosto e 8 de setembro, de segunda a quinta-feira, na última hora da feira, entre as 21h00 e as 22h00. Para ter uma ideia, 82% da FLL está em Hora H e as editoras podem ser consultadas no site da FLL.

Programação Infantil

As crianças vão ter mais de 100 iniciativas à sua espera nestes dias. Diariamente vão acontecer diversas atividades, que vão estar espalhadas por diversos espaços: desde a tenda BLX, pavilhão, Auditório Poente (Hora do Conto), Praça Azul e Palco Praça Laranja até ao Relvado, os visitantes vão poder aventurar-se e descobrir as dinâmicas disponíveis no Parque Eduardo VII ao longo dos 18 dias de feira. Entre as dezenas de iniciativas destacam-se os jogos didáticos - de mesa e narrativos - a animação com mascotes, peças de teatro, leituras de livros e até uma sessão de yoga para crianças a partir dos três anos.

Também a Hora do Conto traz uma programação própria muito especial e convida todos a entrarem no mundo encantado da leitura, com roda de histórias para toda a família, leitura de livros, sessões de autógrafos e leituras interativas.

Apresentações e lançamento de livros

Vários serão os pontos de paragem obrigatória para assistir às apresentações e lançamentos em primeira mão de livros. São muitos os autores que estarão presentes com as suas obras literárias para momentos de partilha, onde vão receber convidados e moderadores muito especiais, assim como diversas sessões de autógrafos. Toda a programação está constantemente a ser atualizada no site.

Programação musical

Também a música se celebra na FLL. Pode contar com os concertos de Surma, dia 27 de agosto, às 22h, Bia Maria, a 3 de setembro, às 20h e Benjamim, a 10 de setembro, às 22h, nos Auditórios no topo da feira. Para além disso, a Santa Casa da Misericórdia também vai dar palco à música, com iniciativas como o projeto “Street Opera” de Florencia Ribero (soprano) - canto lírico e ópera de músicas famosas, acompanhado de backtracks - e concertos do saxofonista Mark Caine e do quarteto de cordas Vita Brevis.

Showcookings

Num espaço inteiramente dedicado à cozinha, os chefs portugueses vão promovem os seus livros de culinária, enquanto ensinam a confecionar as suas melhores receitas, numa zona onde os sabores tradicionais se cruzam com conceitos como alimentação sustentável e culinária vegan e vegetariana. Rita Nascimento, Teresa Cameira, Chakall, Miguel Mesquita ou Fábio Gomes são alguns dos nomes que vão passar por este espaço.

Cinema

Também a sétima arte terá um lugar nesta edição, com exibição de documentários e filmes de animação nos Auditórios Sul e Poente. Os visitantes vão poder assistir a dois filmes ucranianos: "Donbass" de Sergei Loznitsa, apresentado em 2018 no Festival de Cannes, dia 2 de setembro às 22h, e o documentário ucraniano “O rouxinol canta enquanto houver uma voz", um estudo sobre o problema da questão linguística na Ucrânia, dia 9 de setembro, também às 22h.

Horário da Feira do Livro de Lisboa

  • segunda a quinta-feira - das 12h30 às 22h00;
  • sextas-feiras - das 12h30 às 00h00;
  • sábados - das 11h00 às 00h00;
  • domingos - das 11h00 às 22h00.

Há ainda a exibição do filme de animação japonesa Naze Ikiru, inspirado no livro "Porque Vivemos" de Kentetsu Takamori, a 4 de setembro, às 20h, e também três documentários promovidos pela BLX transmitidos no dia 2, 9 e 10 de setembro ao final da tarde.

Ucrânia como convidado de honra

Este ano, a FLL a Ucrânia é convidado de honra, com um pavilhão exclusivamente dedicado a este país. Localizado na Alameda Nascente, junto à escadaria de acesso ao Pavilhão Carlos Lopes, o stand D90 tem como objetivo principal dar destaque e celebrar a Ucrânia, os seus autores e a sua cultura. Além dos livros expostos, trazidos pela própria embaixada da Ucrânia ou pelos restantes participantes da feira, vão ser exibidos dois filmes de realizadores ucranianos, como referido anteriormente: “Donbass” de Sergei Loznitsa e o documentário “O rouxinol canta enquanto houver uma voz”. No dia 3 de setembro, a jovem Veronika Malchenko vai ainda ilustrar o pavilhão com os seus desenhos.

Compromisso com a sustentabilidade

Esta edição reforça o seu compromisso com a sustentabilidade. Além de continuar a promover a Reciclagem, com vários pontos de recolha em parceria com a Sociedade Ponto Verde, promove também a mobilidade sustentável, incentivando o uso de transportes públicos como meio privilegiado de deslocação até ao evento assim como o uso da GIRA - sistema público de bicicletas partilhadas - como o transporte oficial da FLL.

Também a ERP Portugal, plataforma europeia dedicada à gestão de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos, Pilhas e Acumuladores, vai ter na feira a ação de sensibilização ambiental “Pilhas de Livros”, uma iniciativa que converte estes resíduos em livros que serão doados à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. Para fazer parte desta ação, basta entregar os seus pequenos equipamentos e eletrodomésticos que já não funcionam no Depositrão, localizado no topo Sul, junto ao Pavilhão de Doação de Livros e depositar as pilhas em fim de vida nos Traga-Pilhas, que se encontram nas áreas sul e norte, próximos aos Pavilhões da APEL.

Conferências e debates

No dia 9 de setembro, pelas 18h, no Auditório Sul da Feira do Livro de Lisboa, vai realizar-se o debate com alguns vencedores de edições anteriores do “Prémio da União Europeia para a Literatura – Encontro de autores” - Dulce Maria Cardoso, Frederico Pedreira, David Machado e Dejan Stankovic. O objetivo deste prémio é destacar a criatividade, a riqueza, a diversificação da literatura contemporânea europeia no campo da ficção, promover a circulação da literatura na Europa e fomentar um maior interesse em obras literárias não nacionais.

O espaço da Fundação Francisco Manuel dos Santos

O parceiro cultural da Feira do Livro de Lisboa, a Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS), conta também com diversos momentos na Praça Azul, como a gravação do Podcast [IN] Pertinente, com a dupla Hugo van der Ding e a economista Joana Pais, gravação do programa “Da Capa à Contracapa”, uma parceria com a Renascença e o programa “Turno da Tarde”, ao vivo, da Renascença, com Filipa Galrão e Daniel Leitão. Haverá ainda lugar para muitas apresentações de diversos livros.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.