O artista plástico Xico Gaivota juntou-se ao movimento “O Futuro do Planeta não é Reciclável” e criou uma escultura de um golfinho, a partir de lixo marinho, por ser uma das espécies marinhas mais icónicas, despertando assim a atenção de ainda mais portugueses para a reciclagem.

A peça pode ser visitada, de forma gratuita, na Loja Capital Verde Europeia 2020, na Praça do Município, em Lisboa, de 2ª a 6ª feira, entre as 9h e as 18h, até dia 31 de dezembro. Após esta data, a peça entrará em digressão por vários espaços em todo o país.

Com aproximadamente 2,5 m de altura e cerca de 150 kg, esta obra foi desenvolvida exclusivamente com fragmentos de lixo não manipulados e sem o uso de quaisquer colas ou tintas durante a sua produção. Todos os materiais que o artista usa nas suas peças são recolhidos pelo próprio em praias não concessionadas da costa portuguesa.

Xico Gaivota é habitualmente reconhecido pelas suas intervenções para a consciencialização e sensibilização global sobre o lixo existente no mar. Há vários anos que percorre quilómetros pelas praias nacionais, de norte a sul, recolhendo plásticos e outros materiais que se tornam na matéria-prima para as suas criações originais, onde a temática dos animais marinhos é constante.

A obra desenvolvida integra assim a campanha “O Futuro do Planeta não é Reciclável”, que mostra o que acontece aos resíduos depois de separados nos ecopontos e tem como objetivo provocar a consciência dos portugueses, levando-os a adotarem comportamentos ambientais adequados, no sentido de proteger o planeta. O processo é simples: reduzir, reutilizar e reciclar.

Veja o vídeo do making of  da criação da peça.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.