O MÓ vai reunir uma série de artistas para mais uma festa de espetáculos de marionetas de companhias profissionais nacionais de marionetas do Norte e Sul do país e, ainda, companhias do Brasil, França e Chile.

De acesso gratuito a toda a família, o Festival de Marionetas vai dinamizar o Centro Histórico de Oeiras com espetáculos de marionetas em diferentes técnicas: manipulação direta, de fios e teatro de objetos.

D. Roberto
Marionetas Tradicionais Portuguesas, comummente conhecida de norte a sul do país por: "Robertos", "Zé Broas" ou "Robertos de Caixa Murrada", este género de teatro de marionetas constitui uma relíquia na cultura popular portuguesa e em particular no Teatro de Marionetas/Fantoches em Portugal.
8 jun., 21.30h, 9 jun.: 20.30h | Recinto da Feira

Variações de Marionetas de Fios
Várias marionetas de fios desfilam e exibem as suas habilidades. Umas com as suas habilidades musicais, outras dançantes e outras demonstram os seus dotes circenses. Todas elas apresentam um truque, uma fantasia ou uma surpresa, levando o público até um mundo mágico e encantado.
9 jun.: 10.30h | Largo da Igreja - Centro Histórico de Oeiras

O caçador
Rute sente-se muito triste e procura um namorado com quem casar. Roberto de pronto se oferece como noivo, mas terá de satisfazer Rute com um belo jantar. A ida à caça é a solução que Roberto encontra para conquistar Rute. Porém um outro caçador, um coelho ladrão e astuto irão tornar a tarefa difícil e repleta de peripécias. Surge ainda o Mago a reclamar pelo seu coelho mágico. Irá conseguir Roberto casar com Rute?
9 jun.: 11.30h | Largo da Igreja - Centro Histórico de Oeiras

Sophia 
Em atmosfera musical, dança e humor, a realidade transforma-se em fantasia, indo para além da fronteira entre ator e público. O público é fonte de inspiração para a improvisação em cada atuação. O humor de cortar à faca e o comportamento de Sophia fascinas crianças, conquista homens e provoca mulheres.
9 jun.: 12.30h | Largo da Igreja - Centro Histórico de Oeiras
9 jun.: 21.30h | Recinto da Feira

Circo Poeira
Espetáculo que junta linguagem de circo, teatro e boneco. Conta de maneira poética e divertida a história do circo através das recordações de um “Velho Mestre”. Esse personagem, que é o narrador da história, relembra o auge do seu Circo e dessa forma surgem do fundo de sua memória os números que compõem o espetáculo.
10 jun.: 10.30h | Largo da Igreja - Centro Histórico de Oeiras

Ephémeros | 10 jun.: 11.30h
Dois indivíduos estranhos vagueiam pelo mundo carregando um velho piano. Carregam-no, pois só ele os pode distrair do constante aborrecimento, da incessante espera de coisa nenhuma. Para estes seres semifantasmagóricos, a vida seria bem mais confortável se durasse um só dia. Servindo-se do seu piano e humor negro, decidem expor as inúmeras vantagens de uma vida curta.
10 jun.: 11.30h | Largo da Igreja - Centro Histórico de Oeiras

O Avarento
Nesta adaptação de "O Avarento", de Molière, já não é o dinheiro que é o motivo de cobiça, mas a água. Os protagonistas desta comédia visionária não podiam ser senão torneiras, canos, tubos, mangueiras e recipientes de vários tipos. Doze personagens, manipuladas à vista por dois atores, interpretam esta versão atípica e divertida deste grande clássico.
10 jun.: 12.30h | Auditório Municipal Eunice Muñoz

Mais informações: www.mofestival.pt

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.