Dois turistas foram presos em Itália depois de gravar o nome na torre de Pisa, um dos monumentos mais famosos e visitados do país. Após terem feito a inscrição com uma moeda, os dois irmãos norte-americanos, médicos de profissão, com idades compreendidas entre os 35 e os 38 anos, tiraram uma selfie, informa o jornal italiano Corriere della Sera. Foram detidos pouco depois, à descida da torre. Não ofereceram resistência.

"Vimos outros nomes que foram escritos por turistas. Não sabíamos que estávamos a cometer um crime", reagiu um dos irmãos, momentos depois de terem sido interpelados. As autoridades foram avisadas por um dos visitantes que assistiu ao crime de dano contra o património cometido pela dupla de médicos num dos anéis mais altos da torre. "Jeffy" foi o nome que os dois profissionais de saúde americanos escreveram no monumento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.