Cresce até aos oito metros, tem folhas perenes compostas e enche os jardins de cor na época da floração. Pandorea jasminoides é o nome científico da trepadeira-de-arco, uma espécie de lenhosa da família das Bignoniaceae, nativa das florestas do este da Austrália, hoje muito cultivada como planta ornamental em climas e países como o nosso. As folhas, principalmente opostas, são pinadas e têm cerca de 12 a 17 centímetros de comprimento com um pecíolo de dois a quatro centímetros de comprimento.

Na primavera e no verão, produz flores em forma de trombeta de quatro a seis centímetros de comprimento, que são brancas ou rosa pálido com uma textura peluda, castanha, profunda e perfumada. As pétalas têm cerca de 55 milímetros de comprimento. As inflorescências, às vezes, parecem racimosas. Têm de 15 a 30 centímetros de comprimento. A coroa é peluda por dentro e curta por fora, em forma de trombeta, muitas vezes inclinada, com um diâmetro de 10 a 20 milímetros.

A trepadeira-de-arco forma grandes vagens pontiagudas, cheias de sementes fáceis de germinar. Forma-se uma cápsula de fruto com quatro a seis centímetros de comprimento e um a dois centímetros de diâmetro. Esta planta cresce vigorosamente mas não tolera temperaturas abaixo dos 5° C. Deve ser cultivada numa estufa em jovem. As plantas podem ser, depois, colocadas fora durante os meses de verão. É muito usada por causa das coloridas flores em forma de trombeta e do seu longo período de floração.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.