Depois das férias de verão e de um, porventura, menor cuidado que tenham tido, é normal que os seus exemplares tenham perdido a cor e apresentem os ramos torcidos, porque estiveram na penumbra. Dê-lhes mais luz! Para que voltem a recuperar o aspeto anterior, dê-lhes mais claridade, evitando contudo a exposição direta nos dias de maior calor. Corte também os ramos compridos e sem folhas para lhes devolver a naturalidade. Existem, contudo, outros cuidados a ter para as proteger.

1. Defina um espaço de recuperação

Trate de arranjar uma zona exclusiva para recuperar plantas afetadas, remova-lhes os substratos, submerja-as em água, pode tudo o que estiver seco e borrife-as ligeiramente de seguida. Este é o primeiro gesto a empreender.

2. Evite as correntes de ar

O ar é essencial para que as plantas respirem. Mas nunca confunda ar com correntes de ar. Se forem muito violentas, podem dar lugar à queda de folhas, de flores ou de gemas. Evite-as!

3. Redecore os canteiros

Teve baixas nas suas plantas? Em caso afirmativo, faça novas aquisições. Se prefere cor, opte pelas bolbosas de outono e não esqueça das de primavera, como é o caso dos crocus e dos jacintos, cujos bolbos pode plantar já.

4. Ponha as plantas ao fresco

Nas primeiras semanas de outono, ainda pode manter no terraço plantas como yucas, ficus ou chefleras, mas recorde-se que o vento ou a chuva não lhe são benéficos. Limpe o pó das folhas cuidadosamente, com a ajuda de um pano humedecido, antes de o fazer.

5. Trate os gerânios

A borboleta-africana ainda pode estragar os gerânios, perfurando os ramos e comendo as flores e folhas nesta fase do ano. Pode as zonas afetadas, regularize as regas e, ao primeiro sintoma, aplique um inseticida anti-pragas próprio para gerânios.

6. Elimine as folhas amarelas

Durante a sua ausência, é natural que as plantas se tenham ressentido, apesar de todos os cuidados prévios que eventualmente tenha tido. É frequente encontrar folhas amarelas ou caídas, raquitismos e até mesmo outras maleitas.

7. Cuide das espécies que gostam de sol

Os gerânios, à semelhança de outras espécies que gostam de sol, ainda podem dar muita cor nesta fase. Mas, para isso, não pode descuidar as tarefas de manutenção que eles exigem. Se o sol provoca queimaduras nas folhas, elimine-as de seguida. Retire também as flores murchas.

8. Perca tempo a observar as suas flores

Analise-as demoradamente para determinar se necessitam de outros cuidados. Remova superficialmente o substrato para evitar a formação de crosta e para o manter solto. Junte adubo pela última vez esta época. Suspenda as aplicações para evitar o crescimento excessivo da vegetação. Continue as regas, porque ainda está calor, mas de forma mais espaçada, uma vez que a temperatura não é tão elevada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.