As plantas ganham pó. Os abrilhantadores foliares repelem a poeira e dissolvem o calcário da água, que produz manchas brancas nas folhas. Antes de borrifar as suas plantas com eles, convém limpar o pó com um pano húmido para que a sujidade não permaneça incrustada nas folhas e estas possam assimilar melhor o produto. Depois, borrife a cerca de 50 centímetros de distância no mínimo e pulverize as plantas com água clara para destapar algumas obstruções eventualmente causadas pelo abrilhantador.

Antes de utilizar este produto, leia sempre as instruções e siga-as à regra, sob pena de prejudicar as variedades botânicas que cultiva. Existem, no entanto, jardineiros e especialistas que não defendem o recurso a este tipo de sprays. "Os abrilhantadores são feitos à base de óleos que tornam as plantas mais brilhantes e atraentes mas, com o tempo, elas começam a apanhar pó e este adere ao óleo que foi pulverizado nas folhas, podendo prejudicar a planta", lê-se mesmo num forum de jardinagem online.

"Este tipo de produtos é muito utilizado nas floriculturas, nas estufas e nas floristas, tornando as plantas mais atraentes e bonitas para atrair mais a atenção dos clientes", ressalva ainda outro especialista. "Uma forma de ter as suas plantas sempre brilhantes e saudáveis é, depois de as limpar com um pano seco ou embebido em água, embeber um pano em leite e passar pelas folhas. Desta forma tem um abrilhantador natural e barato", sugere Teresa Chambel, arquiteta paisagista e diretora da revista Jardins.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.