Fechado ao mundo exterior, o Tibete foi considerado como um país mágico e misterioso. Em 1959 foi invadido pela China e até há poucos anos, cotam-se os que tiveram a oportunidade de conhecer plenamente o seu legado à humanidade. Os monges deste mosteiro formam parte dessa história, e chegam ao nosso país para partilhar a sua cultura e tradição através de seminários, cantos sagrados, cerimónias curativas e também dos seus costumes, vestuário e vida comum, entre outros aspectos.

A UNIVERSIDADE MONÁSTICA GADEN SHARTSE foi fundada originalmente no Tibete por Tsongkhapa (1357-1419), o grande pregador, santo e indígena erudito budista tibetano.

Saiba mais AQUI

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.