Vénus... planeta do aprendizado do Amor, da partilha , da colaboração, da descoberta do nosso Ser em relação, em intimidade com o mundo exterior.

Mas, num campo muito mais profundo da evolução Humana, Vénus em caranguejo vem  energizar o aprendizado do Amor por Nós próprios, o renascimento num útero fecundado por Nós, onde somos a Fonte de nutrição do nosso Ser, onde só Nós podemos cuidar do nosso SER , protegermo-nos, nutrimo-nos, sermos a Mãe Terra que recebe as sementes  da vida, as experiências, as nutre com consciência e responsabilidade, as integra e assim crescemos seres autónomos e emocionalmente maturos, pois a terra, a Vida nos devolveu as experiências , integramo-las como oportunidade de aprender a cuidar do nosso crescimento e tornamo-nos lindas flores.

Somos o nosso Útero protetor, a nossa Fonte de água límpida, onde renascemos nesta vida , nas experiências para uma nova atitude... todo este processo de auto fecundação requer que nos sintamos em relação sem ter medo de ser transparentes para connosco próprios, sentir as fragilizações, as inseguranças, as carências , senti-las e permanecer dentro de Nós com a Fonte consciência sempre presente.

Embora possa parecer estranho vamos aprender que tocando no mais profundo da ferida emocional da nossa criança interior é que podermos começar a cuidar dela e renascer para um novo Ser.

Poderemos sentir o renascimento numa estrutura emocional nova, onde depois de um tempo longo  de gestação, de reconhecimento da vulnerabilidade , fomos criando uma nova atitude , pela auto responsabilização fomos fecundando uma nova forma de estar e sentir o mundo exterior , fomos criando maturidade, consciência das emoções, então para esses chegou o momento de renascer numa nova forma de cuidar de Si. 

Mais doce, mais amorosa, onde pela libertação das culpas, das exigências, das zangas expressas como projecção nos outros e aprendendo a sair da vitimização , renasce um Ser que sabe estar consigo, sentir-se e dessa forma cuidar de Si, sem dependências , mas que sabe que está na vida para aprender a dar a si e receber do mundo o que aprendeu a dar-se.

Claro que não interessa em que ponto de consciência possamos estar como classificação de melhor ou pior, as experiências virão sim  para aprendermos que amar é aceitar a fragilidade que existe em nós, é aceitar crescer com tudo o que nos rodeia, não nos escondermos , não termos medo de reconhecer a nossa criança ferida e aprender a pedir ajuda.

Ninguém aprende o Amor sozinho, mas deveremos estar conscientes que a inteligência deste aprendizado é essencialmente aprendermos a cuidarmo-nos, a nutrirmo-nos, isso é amor e se algo, alguém, ou circunstância na nossa vida está a devolver-nos esse crescimento, um centro devemos ter.

Onde estou a ficar dependente da minha ferida e a não cuidar dela ?

Porque não estou a receber ?

Tenho medo de abrir o coração e receber?

Onde estou com medo de ser transparente e não me permito sentir?

Onde estou bloqueado pelo medo de sentir e fico só sem ajuda?

Esta reflexão é para ser feita com o coração aberto e sem medo de derrubar as muralhas que o ego construiu para fingirmos que somos crescidos , responsáveis, pois de 14 de maio a 1 de junho iremos ter essa grande oportunidade, Plutão irá fazer uma oposição a vénus, retira os muros todos que construímos para nos defendermos de sermos magoados,  quanto mais fugimos de nos sentir nesta transparência mais nos magoamos, essa defesa é ilusória e irá ser exposta para que possamos SENTIR onde não queremos CRESCER.

Tocar a nossa fragilidade é amarmo-nos, pois só assim iremos conhecermos sem ilusões.

Crescer é tocar , permitir , despir, ser verdadeiro e deixar tudo florescer no nosso ser emocional.

Cuidar é permitir sentir para saber onde devemos nutrir o nosso Ser.

Nutrir é sentir onde estamos presos nos medos com que crescemos .

Amar é conhecermo-nos sem mentiras , sem ilusões...

Tudo tem uma nova fecundação, gestação  em caranguejo.

O ego que construi muralhas para se defender de se sentir, vai ser finalmente liberto das sombras do passado, essa é a grande proposta de renascimento com vénus em caranguejo .

 

Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida....

Ruth Fairfield

 

Sobre a autora:

Ruth Fairfield é meu nome e considero-me uma cientista cósmica, pois os astros sempre me encantaram desde muito nova, dedico a minha vida a criar dinâmicas de consciência da influência evolutiva do mundo da energia cósmica e como podemos acompanhar toda a transformação interna , gerir o livre arbítrio, com o mapa da estrada da vida, a matriz astrológica, a impressão digital da nossa alma...

Fiz a formação de astrologia no Quiron, escola de astrologia gerida por Maria Flávia de Monsaraz, várias formações com Alan Oken, José Luis de Nascimento e outros...

Criei uma forma de mesclar todo o conhecimento de astrologia Esotérica, psicológica, kármica e médica e criar uma leitura do movimento da energia num sentido pratico e dinâmico de forma a ajudar as pessoas a conhecerem-se, criarem autonomia e gerirem a sua mudança... a criarem vitalidade, vontade e entrega na sua vida quotidiana…

 

Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida....

Ruth Fairfield

 

Contactos:

Ruth Fairfield

966425493/914632063

Sunshineruth@gmail.com

https://www.facebook.com/ruth.fairfield

 

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.