Como discutimos no último artigo, as grandes dinâmicas de transformação e evolução do colectivo são marcadas pelos ciclos dos planetas transpessoais: Urano, Neptuno e Plutão.

Se observarmos atentamente a evolução das sociedades ao longo do tempo, reparamos que em determinadas épocas há temas que se tornam o centro das atenções. Estes temas variam muito, indo da política à religião, passando pela sexualidade e economia. No entanto, sejam eles quais forem, marcam toda uma época e geração.

Se analisarmos cuidadosamente estes temas verificamos que estão relacionados com os signos por onde transitam Urano, Neptuno e Plutão. A passagem de cada um destes planetas pelos signos evoca uma mudança na vivência dos temas simbolizados por esses signos.

Plutão, o mais lento dos transpessoais, marca o grande tema de transformação de uma dada época. No sec. XX Plutão transitou por Caranguejo, Leão, Virgem, Balança, Escorpião e Sagitário, definindo seis grandes temas de transformação.

Plutão em Caranguejo (1913-1938)

A passagem de Plutão por este signo marca toda a grande revolução nas estruturas de poder que assolaram a Europa no princípio do século. Assistia-se à queda das grandes dinastias monárquicas e vivia-se um período de instabilidade política e que viria a originar a primeira grande guerra. O colectivo sofre uma profunda transformação do conceito de pátria e família. Em Portugal, este movimento tem o seu reflexo no assassinato do rei D. Carlos e na subsequente instauração da Republica.

Veja a continuação do artigo na próxima página

Plutão em Leão (1938-1957)

Em Leão, Plutão, marca a época dos líderes carismáticos, dos grandes ditadores e estadistas – Stalin, Hitler, Churchil, entre outros. Todo o sentido de identidade nacional é exacerbado e exagerado. O Fascismo e o Nazismo proliferam. O culto do ego assume proporções colectivas. Sobem ao poder os grandes ditadores, criando o clima político que vai levar à Segunda Guerra Mundial. Em Portugal o Novo Regime assume o poder. É a época de Salazar e da ditadura.

Plutão em Virgem (1957-1972)

Neste signo, a passagem de Plutão marcou grandes transformações nos conceitos de funcionalidade e eficiência. Surgem grandes avanços tecnológicos, com o aparecimento do microchip e mais tarde dos computadores pessoais. Aparecem os primeiros movimentos e preocupações ecológicas e de saúde: a comida saudável e das dietas equilibradas.

Plutão em Balança (1972-1984)

Plutão em Balança marca uma grande transformação no conceito de relacionamentos. O divórcio, um tema socialmente não aceite, torna-se algo comum. As relações alternativas, tais com a união de facto, passam a ser uma alternativa ao casamento. Surgem os primeiros casamentos gay e a homossexualidade adquire visibilidade social. A nível político, o equilíbrio de forças Ocidente-Oriente é a preocupação principal.

Veja a continuação do artigo na próxima página

Plutão em Escorpião (1984-1995)

Ao transitar pelo signo que co-rege, Plutão vai trazer à tona temas bastante desconfortáveis para o colectivo.

O terrorismo surge por todo o planeta colocando todos os governos em permanente estado de alerta. O medo da guerra atómica e da “iminente destruição nuclear” assombra todo o planeta.

No nível social, a sexualidade torna-se o tema central, com o aparecimento do SIDA. Surgem os conceitos de sexo seguro. Também o tema da droga e dependências adquire um papel importante.

Plutão em Sagitário (1995-2008)

A passagem de Plutão por Sagitário é recente e ainda estamos a meio deste período. Assim, é difícil compreender na sua totalidade o impacto deste trânsito.

Com a entrada de Plutão em 1996 uma série de reformas e transformações na vivência da religião teve lugar. O “boom” das seitas e igrejas “alternativas” foi o primeiro impacto. A outro nível, o “esoterismo” e o “oculto” passaram a ser a moda do momento, causando, infelizmente, a deturpação e simplificação infantil das grandes verdades metafísicas.

O aparecimento da clonagem e a descodificação do genoma humano fizeram com que as discussões éticas passassem para primeiro plano.

O colectivo vive uma busca, ainda pouco eficaz, de valores e significado.

No próximo artigo analisaremos o papel de Neptuno e Urano.

Nota: as datas acima indicadas são aproximadas. Para maior exactidão deverá consultar uma tabela de efemérides planetárias.

por Luis Ribeiro

Espaço Astrologia

Diga-nos o que achou deste artigo?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.