Semana marcada pelo início de Vénus em movimento retrógrado em Capricórnio e a Lua cheia em Gémeos.

Nestes dias tudo o que sejam relações afetivas, parcerias, negociações ou intercâmbios poderão ser afetadas. Vénus rege tudo isto, mas também negócios e dinheiro.

É uma semana em que devemos optar por uma postura mais cautelosa e “preventiva”. Podem surgir revelações de situações que antes estavam pouco claras, e todo o nosso real valor precisar de ser exaltado e revisto.

Vénus estará retrógrado em Capricórnio até final de janeiro, dia 29, por isso tenha em atenção, pois não é favorável grandes procedimentos cirúrgicos ou mudanças de visual. O planeta da estética não gosta de ficar mal visto.

Também não é hora de escolher casa nova, até porque caso trabalhe por conta própria os ganhos poderão ser menores.

É também uma semana em que podemos estar mais sensíveis e a analisar as reciprocidades nas relações que mantemos. Sempre que há um movimento retrógrado, podem vir também situações do passado: dívidas, mas também um ex-namorado ou marido.

Semana favorável caso pense começar a olhar para si ou começar alguma terapia nas áreas de desenvolvimento pessoal.

Dia 20 Mercúrio fará também uma boa ligação a Úrano e daí podem surgir resoluções, ideias e soluções. Novos caminhos e visões.

O Sol entra em Capricórnio dia 21, a vida tem de ser prática, realista. Semeamos mais devagar, mas os frutos serão mais consistentes. Aproveite os dias mais frios para planear bem o novo ano.

No dia 24 temos Saturno e Úrano numa ligação desafiante e que pode mexer com resoluções que se relacionem com o coletivo. Esta quadratura pode trazer bastante peso a nível global e grandes dificuldades no que toca à saúde e à economia. Até porque dia 25 Plutão e Vénus (retrógrada) estreitam ligações, o que pode trazer mudanças no modo como lidamos com a matéria e eventuais crises e ajustes significativos na sociedade.

Outra coisa muito importante é que no dia 22 os nódulos lunares mudam o seu movimento do eixo Gémeos-Sagitário para Touro-Escorpião, ou seja, nódulo norte ficará em Touro e o nodo sul em Escorpião, onde permanecerão até ao dia 12 de julho de 2023, e que passam a mexer com a matéria versus a espiritualidade, ou seja, Touro regido por Vénus traz o desejo de estabilidade e por escolhas seguras e maduras, calculadas apesar de gostar de conforto e prazeres, enquanto que o nodo sul em Escorpião nos fala do oposto, da espiritualidade, do desapego. É o ir além do superficial.

Alexandra Ramos Duarte

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.