Eis o culminar de um ciclo onde já não é possível não nos confrontarmos com a nossa dualidade, pois na última lua nova, sob a influência de uma cruz cósmica, iniciamos uma nova forma de estar em relação com a verdade que criamos, mais real, mais autêntica, com tudo que está a acontecer no nosso quotidiano, nas nossas relações e como agir mais espontaneamente e eis que estamos de novo no colmatar de todo este novo ciclo de crescimento, do inicio dessa nova realidade de viver a vida e tudo o que a envolve, pois esta lua cheia está de novo fechada numa nova cruz cósmica, dois T SQUARES que formam um quadrado cósmico com uma cruz no interior… Mercúrio em Gémeos a fazer quadratura a Neptuno em Peixes, quadratura a Júpiter em Virgem e oposição a Saturno em Sagitário que está em quadratura a Júpiter em Virgem e Neptuno em Peixes.

Agora vou traduzir este clímax de um caminho de retorno a casa, a nós, ao nosso amor por Nós, pois a condição humana e a consciência com que a vive definitivamente mudou de direcção, deveremos sentir a dualidade humana, permitir estar em relação com tudo o que está a acontecer dentro de nós.

Resistir a este encontro muito mais autêntico, é ficar perdido no mundo da confusão, da dúvida, sempre à busca de certezas para não falhar, só existe uma via, não deixar a mente de controle interferir, mudar radicalmente esta forma de estar em relação connosco e com os outros.
Sinto logo sou…

Confio, agora sim confio e ajo, sem tentar perceber antes se está certo ou errado… respondo ao que estou a sentir… não julgo, nem arrumo em caixas, ajo e descubro-me mas sem caixinhas de perfeccionismo, viver sem caixinhas de controle.

Ui … desafiante não é…

E os outros, os valores que fui treinado a ter, o controle de não errar, a imagem que quero que tenham de mim, que faço a isto tudo???

Agindo em controle mental da direcção a tomar, só tornará a vida um inferno de dúvidas e mais dúvidas, onde a dualidade se debate com a força vital da vida… será que agora vão finalmente render-se e perceber que esta forma de estar em relação com a vida e com todas as experiências quotidianas, só cria mais sofrimento, é um útero morto, não protege nem cria vida, está podre, as águas envelheceram, será que terão coragem de sair deste ilusório estado de ser???

Parece-me que sim, que alguns irão ter essa coragem, pelo menos a oportunidade está lá, pois Urano em Carneiro esta a fazer um trígono à lua em Sagitário e um sextil ao Sol em Gémeos… Liberta-te destes falsos esquemas de controle reflexos das tuas inseguranças , sente de uma nova forma , olha para as experiências, como descoberta e não te prendas num mundo autista, onde deixaste de saber estar em partilha, em crescimento com os outros finges que estás lá , mas não estás, estás fechado numa caixa de medo e dúvida…

Ah… mas pelo menos aqui estou protegido…
Façam lá uma reflexão bem básica, quando ficam nessa guerra interna de dúvida , sentem alguma protecção, sentem-se bem??? Será que não vale à pena sair daí ?

Deixaste de acreditar , de confiar, que És sempre guiado, sempre, só tens que aprender a enfrentar a tua dualidade interna e dizer, mas afinal quem manda aqui???

O medo e o controle de agir conforme sinto em cada vivência e perco a vida, pois o ser humano descobre-se em relação, sozinho nada nasce, é um castelo velho, cheio de velhas memórias e tornasse refém de si próprio…

Vive, experimenta-te, desformata-te deste estado inerte de vida, onde a mente fica agarrada a estruturas mentais holográficas , cria medo e paralisa, confunde, e o mais engraçado, é que o ser humano pensa que assim é que tem tudo sob controle na vida.

Confiar, entregar-se, partilhar-se, descobrir-se , trocar ideias, exprimir o que sente , é confiar em Deus, é ser participante activo do fluxo Divino na Terra, no mundano da vida humana.
Será que ainda não perceberam que isto é que é ser Espiritual???

Virão tantas coisas novas, tantas oportunidades a abrirem-se e que nunca se manifestariam se ficassem dentro dos velhos castelos de segurança.

Exprime sempre a verdade que estás a sentir e verás que boa sensação, que paz, que vitalidade, pois estás a ser autêntico… as crianças são assim.

Ocorre-me aquela frase de Cristo:
TRAZEI A MIM AS CRIANÇAS , POIS É DELAS O MEU REINO.

Chegou o tempo de vivermos nesta inocência e isto não representa irresponsabilidade, nem infantilidade, não confundam, é ser apenas autêntico, verdadeiro com tudo o que está a sentir e não ter medo de partilhar com o outro.

Tempo de iniciar estas novas relações, bem terrenas, com tudo o que as envolve, mas sem medo e sem códigos de controle, onde as sombras da desconfiança estão sempre a fazer filmes… e depois??? Ficam presos nas dúvidas.

As crianças de que Cristo falava , são estas novas formas do ser humano estar na vida, estar a relacionar-se com os outros … ser autêntico, verdadeiro e confiar que tudo está bem.

Seguir o coração é renascer na inocência…

Seguir a mente é morrer num útero sem vida…

Viver a dualidade, é estar em contacto com estas duas forças, a cruz cósmica no quadrado cósmico estão a levar-nos ao centro do limite da resistência e voltar a ser inocentes. Ser inocente é entregar-se a uma nova forma de estar em relação.

Vénus está em Caranguejo conjunta ao Sol em Gémeos oposta à lua em Sagitário.

Renasce, encontrando-te fora dos esquemas de defesa ilusórios e essa entrega autêntica e genuína nas relações é a nova Fé. Aprender a qualidade nas relações, é não ter medo de ser sincero. Ser … simplesmente e viver o mais mundano da vida nesta nova forma de entrega.

Vais descobrir tanta coisa nova…

Vale mesmo a pena…

Confiem …

Sejam as criancinhas que Cristo falava…

Mas actualizem esta frase para o momento …

Ser livre é viver a dualidade, mas não ser escravo, nem dominado por ela…

Elevação é apenas isto…

VOLTAR AO REINO DE DEUS NO MAIS MUNDANO E TERRENO…

Um abraço imenso em alegria de viver sem prisões, nem úteros mortos… sem fantasmas a assombrarem a vida que estamos a libertar.

Tão bom estar nesta nova energia, sinto-me tão abençoada, que liberdade, que paz, viver sem controle e medo.

Regressar à casa do Pai é viver nesta simplicidade.

Vá lá… saiam dos castelos assombrados, uma vida cheia de descobertas vos espera cá fora…

Ruth Fairfield
Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida…
Sobre a autora:

Ruth Fairfield é meu nome e considero-me uma cientista cósmica, pois os astros sempre me encantaram desde muito nova, dedico a minha vida a criar dinâmicas de consciência da influência evolutiva do mundo da energia cósmica e como podemos acompanhar toda a transformação interna , gerir o livre arbítrio, com o mapa da estrada da vida, a matriz astrológica, a impressão digital da nossa alma...
Fiz a formação de astrologia no Quiron, escola de astrologia gerida por Maria Flávia de Monsaraz, várias formações com Alan Oken, José Luis de Nascimento e outros...
Criei uma forma de mesclar todo o conhecimento de astrologia Esotérica, psicológica, kármica e médica e criar uma leitura do movimento da energia num sentido pratico e dinâmico de forma a ajudar as pessoas a conhecerem-se, criarem autonomia e gerirem a sua mudança... a criarem vitalidade, vontade e entrega na sua vida quotidiana…

Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida…
Ruth Fairfield

Contactos:
Ruth Fairfield
966425493/914632063
http://sunshineruth.wix.com/astrologia
Sunshineruth@gmail.com
https://www.facebook.com/ruth.fairfield
https://www.facebook.com/novo.cristal

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.