Com uma energia dominante focada na ação e na conquista, este mês pode ser uma importante pedra basilar na construção ou no fortalecimento da nossa segurança.

Durante boa parte do mês de abril, o Sol transita pelo signo Carneiro, contagiando-nos com a sua energia voltada para a ação, para o impulso criativo e para a motivação para alcançar metas.

Vénus também se encontra em Carneiro, matizando as nossas emoções e a forma como as expressamos com esta tendência para querer exteriorizar o que vai dentro de nós e partir à conquista do que faz vibrar mais intensamente o nosso coração.

Mercúrio entra em Carneiro logo no dia 3, fazendo com que também no plano mental estejamos a ser governados por este signo. Com Mercúrio em Carneiro a partilha de ideias é veloz, a troca de informações processa-se com avidez e agilidade, estamos motivados a apostar em novos caminhos, em explorar novas ideias e até a aventurarmo-nos para além daquilo que conhecemos e dominamos.

Carneiro é conhecido pela sua impulsividade e pela garra impetuosa com que abraça os desafios e, enquanto há uma forte incidência desta energia, seja qual for o nosso signo do Zodíaco, existe maior propensão para que sejamos levados a agir de acordo com ela. No caso dos signos que não estão em harmonia com a energia de Carneiro, como é o caso de Caranguejo ou Capricórnio, este período pode apresentar-lhes maiores desafios e uma constante tensão interior, causada pela dificuldade em saber gerir aquilo que lhes é pedido, que muitas vezes os convida, ou até obriga, a sair da sua área de conforto.

Embora a energia de abril seja focada na ação e ajude a lançar novas bases para o futuro, assim como a avançar no sentido da realização das nossas metas e ambições, pode haver também alguma dificuldade em compreender com clareza o que precisa de ser feito, devido ao efeito da quadratura de Marte com Neptuno, que nos deixa num certo impasse. Marte impele-nos a agir mas, ao formar um aspeto tenso com Neptuno, o planeta da ilusão e do sonho, a sua energia fica difusa. É preciso evitar alimentar ideias que podem rapidamente ganhar proporções descontroladas e que não passam de criações da nossa mente, já que nem sempre será fácil manter os pés assentes na terra. Esta quadratura ocorre no dia 9, mas será sentida durante todo o mês.

No dia 12 de abril a energia de Carneiro atinge a sua expressão máxima, quando o Sol e a Lua Nova se encontram neste signo. Esta data marca um período particularmente favorável para tudo o que envolva o começo de algo. Um novo relacionamento ou projeto iniciado nesta fase estarão particularmente favorecidos. Os ânimos estarão, ainda assim, bastante exaltados, porque esta Lua Nova, que é considerada uma das alturas mais favoráveis do ano para lançar novas sementes e para manifestar os nossos desejos, coincide com um aspeto tenso entre Vénus, que está em Carneiro, e o explosivo planeta Plutão, que se encontra em Capricórnio. Pode haver paixões que explodem de forma inesperada, tensões e conflitos num relacionamento e, sobretudo, sentimentos difíceis de conter e controlar.

A 14, Vénus deixa Carneiro para entrar em Touro, um dos signos de que é regente. Vénus em Touro sente-se em casa e ajuda-nos a encontrar o prazer que se esconde nas coisas mais simples, nas práticas mais mundanas. Ajuda-nos, também, a olhar com calma para aquilo que nos rodeia e a descobrir a beleza que existe no que temos à nossa volta, nas relações que nos trazem segurança, no bem-estar proporcionado por algo tão simples como uma refeição de conforto.

O dia 18 de abril é especialmente favorável para a comunicação e para a expressão individual, já que Mercúrio forma uma conjunção ao Sol, unindo energias. Ambos estão prestes a deixar Carneiro, sendo esta fase uma boa oportunidade para dizer o que precisa de ser dito.

No dia 19 de abril o Sol entra em Touro e a energia dominante abranda: passamos do signo mais impulsivo para um dos mais lentos do Zodíaco. Touro é prudente por natureza e pondera longamente sobre os assuntos antes de tomar uma decisão. Quando o Sol se encontra em Touro somos movidos a saber esperar com paciência que cheguem os frutos daquilo que plantámos. A energia do Sol em Touro lembra-nos que é importante cuidar com atenção e dedicação de tudo aquilo que nos é querido.

As emoções, sendo menos impetuosas, tornam-se, por outro lado, mais intensas e profundas: Touro ama com total entrega e empenho, sendo também caraterizado pelo ciúme e pela possessividade nos seus afetos. A energia do Sol em Touro deixa-nos mais reflexivos, por um lado, mas também nos faz dedicar mais atenção a tudo o que temos, ao que valorizamos, e àquilo que desejamos alcançar. Touro é muito ambicioso e, procurando segurança e estabilidade, não tem pressa em chegar às suas metas, pois prefere a solidez à velocidade.

A última parte do mês é bastante intensa na esfera afetiva e pode fortes emoções. O mês despede-se com uma grande profundidade emocional, que pode trazer importantes mudanças nos relacionamentos e pôr em destaque emoções que estavam escondidas ou, aparentemente, controladas.

A 22, Vénus forma uma conjunção com Úrano e, como no dia 23 Marte entra em Caranguejo, estes dias podem trazer uma forte carga emotiva ao nosso quotidiano. Tenha atenção à tendência para estar mais sensível a tudo o que lhe dizem ou fazem, evitando explosões e manifestações dramáticas exageradas.

A 27 de abril temos uma das Luas Cheias mais intensas do ano: é a primeira Super Lua deste ano e opõe o explosivo Sol em Touro com a complexa Lua em Escorpião.

Para além de opor dois signos cuja energia incide de forma muito intensa na esfera emocional, esta Lua Cheia é ainda mais explosiva porque o Sol está em conjunção com Úrano, o planeta das mudanças, e em quadratura a Saturno. Pode haver acontecimentos "bombásticos" e totalmente inesperados, que podem surgir de forma abrupta, mas que visam abanar as nossas estruturas para que possamos fortalecer depois as nossas bases.

Neste mesmo dia Plutão fica retrógrado, quebrando um período em que todos os planetas estavam em movimento direto. Plutão retrógrado vai remexer com as nossas emoções mais profundas e vai fazer-nos confrontar medos e assuntos que preferimos esconder. Os seus efeitos podem não ser imediatamente sentidos mas, até dia 6 de outubro, quando volta a estar direto, Plutão retrógrado vai fazer-nos questionar o nosso poder pessoal e tudo o que lhe diz respeito.

No final do mês teremos o Sol, Úrano, Vénus e Mercúrio em Touro, existindo então um predomínio desta energia que, sendo mais pesada e lenta, nos convida a dar solidez e estrutura a tudo o que desejamos construir.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.