A Ballantine’s e o seu parceiro digital WorkClub associaram-se à marca de roupa CuteCircuit para criar uma versão moderna da tradicional t-shirt.

A peça de vestuário, vista como uma forma de expressão pessoal, acompanhou os tempos e pode agora apresentar-se com tecnologia incorporada, assumindo uma nova denominação: as tshirtos.

Prática, fácil de partilhar, programável e composta por 100% de algodão, atshirtos permite-lhe partilhar estados do Facebook, Tweets, fotografias e músicas favoritas enquanto passeia. Para além disso, tem uma câmara fotográfica integrada que lhe permite captar os melhores momentos e um iphone para que possa ouvir músicas diretamente do iTunes.

“A t-shirt é a tela mais original de autoexpressão. Foi o “estado do Facebook” antes de existir um estado do Facebook. Ao usar uma t-shirt do Che Guevara, Smiley ou Frankie Says Relax, está a dizer algo ao mundo sobre si através da sua t-shirt. A Ballantine’s seguiu esse pensamento e tornou-o maior”, diz Peter Moore, diretor da marca.

A criação de uma t-shirt construída através de um sistema operacional que é controlado por aplicações móveis que fazem a ponte entre a t-shirt e a internet. A Tshirtos é composta por 1024 pixeis que podem ser vistos online aqui.

De facto, o protótipo da tshirtos é bastante caro, mas a marca acredita que quanto mais procurada a revolucionária t-shirt for, mais acessível se tornará em termos de preço.

Três curtas-metragens vão testar a tshirtos em Londres, Cidade do México e São Paulo.

5 de setembro de 2012

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.