No âmbito do Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações, a UE lançou um relatório que evidenciou o diferencial entre a expetativa média de vida e os anos que uma pessoa pode esperar viver em boas condições.

Assim, para a população com 65 anos de idade, a esperança de vida era provisoriamente estimada em 21 anos para as mulheres e em 17,4 anos para os homens em 2010. Quanto ao número de anos com saúde, as mulheres com 65 anos de idade podiam esperar viver 8,8 anos suplementares em boas condições e os homens 8,7 anos.

Perante estes números, duas situações são revelantes: primeiro, os Estados-Membros onde a população tem a maior expetativa de vida na idade de 65 anos não são necessariamente os mesmos com os anos de vida mais saudáveis; e, segundo, em todos os Estados-Membros, as mulheres têm uma maior esperança de vida aos 65 anos, enquanto os homens, em dez países membros, têm um maior número de anos saudáveis

Em relação a Portugal, o país está abaixo da média europeia. Assim, no que se refere às mulheres, a expetativa de vida, para lá dos 65, é de 20,6 anos e o período de vida saudável são 5,7 enquanto nos homens é de 17,1 e de 7,1 respetivamente.

Estatisticamente, a maior expectativa de vida aos 65 anos para as mulheres foi observada em França (23,4 anos), Espanha (22,7 anos) e Itália (22,1 anos em 2009), e para os homens em França (18,9 anos), Espanha (18,6 anos) e Grécia (18,5 anos). A expectativa de vida menor para as mulheres foi observada na Bulgária (17,0 anos), Roménia (17,2 anos em 2009) e Eslováquia (18,0 anos), e para os homens na Letónia (13,3 anos), Lituânia (13,5 anos) e Bulgária (13,6 anos).

Quanto ao maior número de anos de vida saudável para o sexo feminino eis o quadro: na Suécia (15,5 anos), Dinamarca (12,8 anos), Luxemburgo (12,4 anos), Malta (11,9 anos) e Reino Unido (11,8 anos). E para os homens na Suécia (14,1 anos), Malta (12,0 anos), Dinamarca (11,8 anos), Irlanda (11,1 anos) e Reino Unido (10,8 anos).

O menor número de anos de vida saudável para homens e mulheres foi observado na Eslováquia (2,8 anos para mulheres e 3,3 anos para os homens), seguido pela Roménia (5,0 anos) e Estónia (5,5 anos) para as mulheres, e na Letónia (4,9 anos) e Estónia (5,3 anos) para os homens.

23 de abril de 2012

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.