Preocupamo-nos com a separação do lixo doméstico e em reduzir o consumo de energia. Tudo para que possamos ser mais amigos do ambiente. Mas no que diz respeito à nossa higiene oral, será que estamos a fazer pequenas coisas que podem fazer uma grande diferença na pegada ambiental?

A verdade é que se já é bom sorrir, sorrir a saber que estamos a ter impacto para um mundo mais verde, ainda traz mais felicidade.

A pensar em quem quer começar a por em prática alguns cuidados de higiene oral mais eco-friendly, a equipa de higienistas do Instituto de Implantologia deixa de seguida algumas dicas.

Comecemos pelo mais básico e aquele que deve ser o primeiro passo: fechar a água enquanto escovamos os dentes ou simplesmente ter sempre um copo com água para apenas se utilizar a que está dentro do mesmo. Na sequência da escovagem e assim que a terminamos, não bochechar com água. Desta forma o flúor presente na pasta de dentes ajuda a remineralizar o esmalte.

Ainda sobre as pastas de dentes, já existem opções sustentáveis bastante interessantes, mas é importante referir que se deve sempre ter em atenção ao flúor presente na pasta. Um adulto deve utilizar uma pasta que tenha 1450 ppm de flúor.

Sabemos que a utilização da fita dentária deve fazer parte do nosso dia a dia e, por isso, podemos utilizar o fio dentário biodegradável ou feito a partir de materiais reciclados.

Além disso, hoje em dia as embalagens também já são mais ecológicas e exemplo disso são as que são feitas de cartão (que depois podem serem recicladas) ou as que permitem fazer refil: um frasco de vidro onde se adiciona mais fita.

Sobre as escovas de dentes: além das de bambu – que estão mais na moda, existem outras feitas a partir de materiais reciclados, bioplástico ou até mesmo as escovas elétricas, que geram menos desperdício que uma escova de plástico convencional. Também temos as que permitem remover a “cabeça da escova” (a parte que colocamos na boca).

Qualquer que seja a nossa escolha, há outro fator bastante importante a ter em consideração: a origem dos produtos. Podemos estar a comprar produtos sustentáveis, mas se os mesmos chegam até nós oriundos de outra parte do mundo, a pegada será enorme (por exemplo, a nível dos transportes ou da mão de obra utilizada).

Comprarmos produtos cuja origem seja o mais perto possível de cada um de nós, é também uma forma de estarmos a contribuir para um mundo mais ecológico.

Independentemente da recomendação adotada, o importante é que partilhe sempre com o seu Higienista ou Médico Dentista os diferentes hábitos, para garantir que assim continua a assegurar uma boa higiene oral.

Texto: Dra. Maria Valentim, Higienista Oral do Instituto de Implantologia

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.