Muito se fala das características dos empreendedores ou das dicas para ter sucesso enquanto empreendedor. Mas, por alguma razão, parece haver algum receio em falar dos erros mais frequentes que os empreendedores cometem. E se acha que enumerá-los pode ser um mau presságio, pode respirar de alívio. Saber quais são os erros mais comuns entre os empreendedores, pode até ajudá-lo a identificar as suas próprias falhas e a corrigir a sua rota.

Qual é o seu?

Criar um negócio nunca é fácil. Há muito trabalho envolvido e dificilmente se chega ao fim sem falhar uma – ou várias vezes – ao longo do processo. Os erros não só são comuns, como inevitáveis. Basta ver pela lista de erros mais frequentes que os empreendedores cometem, que agora lhe deixamos.

1.     Desvalorizar as demandas do mercado

Existem muitos empreendedores que se focam tanto na sua ideia e no projeto que idealizaram nas suas mentes, que por vezes se esquecem do essencial: a sua ideia só terá sucesso se funcionar enquanto negócio e se tiver retorno financeiro, o que só vai acontecer se o mercado estiver “interessado”. Para que o empreendedor tenha sucesso não pode – nunca – ignorar as tendências e exigências do mercado. É isso que faz o negócio andar para a frente e crescer. Mais do que valorizar a sua ideia, um empreendedor deve perceber de que forma se enquadra no mercado; deve analisar o interesse das pessoas em comprar o produto ou serviço; ou ainda de que forma pode alcançar um maior número de compradores. Mas há mais. Este foco nas exigências do mercado não é algo passageiro ou efémero. Vai ser uma constante ao longo do percurso de um empreendedor, que deve estudar continuamente as tendências do mercado, para saber como posicionar o produto e, se necessário, reajustá-lo à realidade.

2.     Fazer más contratações

Não basta ter uma ideia brilhante para fazer um empreendedor ter sucesso. E uma empresa não deve ser um espaço de convívio onde vai estar rodeado de amigos. Não saber escolher uma boa equipa é não só um dos erros mais frequentes que os empreendedores cometem, mas também um dos mais crassos. Se tem uma ideia, pense duas vezes antes de fazer uma contratação. Lembre-se que estamos a falar do seu negócio, do seu projeto e a ideia é ter sucesso. E para tal, nada melhor que contratar bons profissionais, com qualificações adequadas às necessidades do seu projeto e que possam acrescentar algo de novo e de valor.

3.     Não terem conhecimentos de gestão

Ter uma ideia inovadora não faz de um empreendedor um bom gestor. Mas mesmo que tenha bons gestores ao seu lado, não significa que não deva ter o mínimo conhecimento de gestão de empresas. Sendo que se fala da sua própria empresa, quanto mais souber sobre o negócio e sobre a forma de o administrar, mais preparado vai estar na hora de tomar decisões.

Aprender com os erros  

Ser empreendedor é muito mais que ter uma ideia inovadora. Até chegar ao mercado, há um longo trabalho pela frente e nem sempre as coisas correm como esperado. Que o digam todos aqueles que já passaram por esse processo e, não se livraram de cometer alguns erros pelo caminho. Mas se há característica partilhada por todos os empreendedores de sucesso é a capacidade de aceitar e aprender com os erros. Todos dão algumas “quedas” pelo caminho, mas quando se levantam estão mais fortes e preparados.

Esse é um dos segredos para o sucesso e quanto mais depressa o aceitar, mais rapidamente vai atingir as suas metas ou – quem sabe – ir mais além.

http://www.e-konomista.pt/

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.