Depois de um período de prosperidade económica, Portugal vive uma crise financeira como há algumas décadas não sentia e que obrigou muitas famílias a voltar a apertar o cinto.Como resultado das medidas de austeridade impostas pelo Governo, os impostos ao consumo aumentaram este ano, o que se reflete nas contas do supermercado. Segundo as previsões da Comissão Europeia, em 2012 a inflação atingirá os 3,3% em Portugal – o valor mais elevado em toda a Zona Euro.

Se já experimentou fazer alguns malabarismos financeiros, mas mesmo assim não consegue colocar as suas contas no caminho certo, experimente as dicas do Sapo para poupar dinheiro num dos pontos do orçamento familiar em que os agregados mais despendem dinheiro: as compras de supermercado. Estima-se que as famílias portuguesas gastem cerca de 15% do seu rendimento em alimentação e bebidas. No entanto, quantas vezes é que comprou comida que deixou apodrecer e acabou por deitar para o lixo?

É possível reduzir as despesas, ao procurar fazer as compras num supermercado com uma localização e preços vantajosos. Poderá ainda poupar optando por produtos económicos, em vez de marcas mais dispendiosas, o que, segundo as contas da Deco, permite uma poupança média de 40%.

1. Faça uma lista

Seja organizada. Antes da ida semanal ou mensal ao supermercado, necessita ter tudo planeado e, principalmente, uma lista de compras. Faça um inventário de tudo o que necessita para a sua despensa e frigorífico. Seja fiel a essa lista. Desta forma, evitará comprar produtos por impulso, gere melhor as suas reservas e evita desperdícios.

Outro conselho bastante comum é não ir às compras de estômago vazio. Uma precaução que fará com que venha para casa com mais artigos do que o realmente necessário.

2. Compre bem

Normalmente, quanto maior a quantidade de um determinado produto que compra, menor o preço. Comprar em grandes quantidades é uma boa ideia para poupar, mas apenas se se tratar de produtos não perecíveis. Confirme se realmente sai mais barato na etiqueta com informação sobre o produto.

Assegure-se que não está a comprar em demasia, correndo o risco de deixar o produto passar o prazo de validade e tenha o lixo como fim. No que diz respeito à comida com prazo de validade curto, o ideal é comprar em conta certa, senão não estará a evitar desperdícios.

3. Cuidado com as promoções

Conheça as promoções, no entanto seja crítica em relação às mesmas. Não vale a pena comprar um ferro de engomar que não precisa, só porque está com um preço fantástico. É ainda aconselhável verificar se o preço realmente compensa e, muito importante, verificar se o preço que está no cartaz promocional corresponde ao real preço do artigo.

No que diz respeito aos produtos alimentares em promoção deverá ter atenção à data de validade, uma vez que muitas vezes são formas que as grandes superfícies encontram para escoar produtos quase a passar o prazo de validade. Se comprar para utilizar no próprio dia ou no dia seguinte, aproveite! Se for para guardar e consumir mais tarde, tenha em atenção à data de validade.

Veja na página seguinte: O supermercado mais barato

4. Comparar preços

Comparar preços é uma das melhores formas de poupar. Dá trabalho e requer tempo, mas em última análise compensa sempre. Outro aspeto a considerar são as estratégias das superfícies comerciais para captar a sua atenção e levá-la a comprar produtos que não necessita realmente.

Quando está a andar pelos lineares das superfícies comerciais, os produtos que as grandes superfícies mais querem escoar estarão ao nível dos seus olhos. Por isso, sempre que um produto captar a sua atenção, procure ver a concorrência nas restantes prateleiras e faça a comparação quantidade/qualidade/preço.

5. O supermercado mais barato

Escolha o supermercado mais barato da sua região. Se for mais barato, mas for longe e implicar uma deslocação superior não vale a pena, porque o que poupa em supermercado, gasta em gasolina.

Uma boa ferramenta para a ajudar nessa tarefa é o simulador da Deco – Associação Portuguesa de Defesa do Consumidor, “Supermercados, qual o mais barato”

. Basta definir o cabaz de compras, indicar o distrito, o concelho e clicar em procurar. Irá aparecer-lhe a lista de supermercados mais baratos na sua zona.

6. Dicas no supermercado

Compre comida para vários dias, pois quantas mais vezes for ao supermercado, maior será a tentação de fazer compras supérfluas. Outra dica é ir às compras sozinha, principalmente sem os filhos, uma vez que estes exercem influência nas decisões de compra e, regra geral, os comerciantes colocam estrategicamente os produtos que interessam aos mais pequenos ao nível dos seus olhos e mãos. Para terminar, não se esqueça de levar sacos, para não ter de os comprar cada vez que vai às compras, mesmo que estes não custem mais do que 0,02 €.

A responsabilidade editorial desta informação é da

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.