Pode ser assustador criar uma marca ou começar uma empresa. Mas, a verdade é que lançar um negócio online está cada vez mais simples e acessível.

No entanto, é necessário se munir dos recursos certos, e, em muitos casos, fazer um pequeno investimento financeiro inicial.

É importante que comece por fazer um bom planeamento e criar um plano de negócios. A partir daqui o truque é utilizar as ferramentas que o mundo digital oferece e que o vão não só ajudar a lançar, como também a escalar o seu negócio online. Contudo, é importante que conheça as várias opções que o mercado oferece, para ficar assim a saber quais as ferramentas que vai precisar e quais as mais acertadas para o seu negócio online.

Para ajudá-lo nesta tarefa, reunimos 8 recursos do mundo online que pode e deve explorar.

1.   Criação de um website

Tal como uma empresa física precisa de um espaço, seja um armazém, uma loja ou escritório, um negócio online precisa de uma morada, neste caso digital. Ter um website é importantíssimo não só para dar a conhecer a sua marca e os seus produtos, como também para servir de forma de contacto para potenciais clientes.

Se, de momento, não tiver meios financeiros para contratar um web designer ou um programador, pode sempre meter as mãos à obra e criar você mesmo o seu site.

Atualmente já existem serviços bastante acessíveis, quer pela facilidade de execução, quer pelos custos envolvidos, como é o caso do Wix ou do Wordpress. Quer num, quer noutro, poderá criar o seu website a partir de uma série de modelos e editar esses modelos ao seu gosto, de forma gratuita. Quanto ao alojamento, ou seja, à “renda virtual”, este terá que ser um pagamento à parte.

2.   Plataformas para a produção de conteúdos gráficos para as redes sociais

Para além do website, um negócio digital também necessita de uma forte presença nas redes sociais. O Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest, ou outra rede, são uma boa forma de promover o seu negócio e de angariar mais clientes.

No entanto, é importante criar conteúdo apelativo ao seu público-alvo, sejam imagens, ilustrações, vídeos ou animações.

Por exemplo, uma ferramenta online muito útil e simples para qualquer negócio online, especialmente se não tiver conhecimentos técnicos ao nível do design, é o Canva. A partir desta aplicação pode criar logotipos, cartões de visita, cartazes, publicações para todas as redes sociais, convites e muito mais. Pode contar com dezenas de modelos gratuitos, com vários tipos de letra, cores, imagens e todo o tipo de recursos necessários.

3.   Sites para verificar a relevância dos conteúdos

Para além do design é também muito importante os conteúdos escritos. É necessário saber para quem se está a escrever e a partir daí adequar o texto e a forma como a mensagem é passada. Para que o conteúdo seja atrativo, tem que garantir que os temas são do interesse do público. É neste campo que ferramentas como o Answer the Public ou o Quora podem ajudá-lo.

4.   Bancos de imagens gratuitas

Para este processo de criação de conteúdos, quer para as redes sociais, quer para o site ou o blog, eventualmente vai precisar de imagens. Estas têm uma forte componente emocional e, por essa razão, são capazes de captar a atenção, de transmitir sentimentos e de passar exatamente a ideia que pretende.

Porém, não é permitido utilizar qualquer fotografia que encontre no Google, por motivos de direitos de autor, daí que os bancos de imagem sejam de extrema importância para qualquer empreendedor digital. Em muitas plataformas as imagens são pagas, no entanto, já existem sites onde pode encontrar todo o tipo de fotografias de forma gratuita. Entre os mais conhecidos encontram-se o Unsplash, Pixabay, Freepik, Pexels, entre muitos outros.

5.   Elaboração e envio de newsletters

Se há uns anos as marcas comunicavam essencialmente por correio, hoje em dia o grande recurso é o email.  A newsletter é precisamente a ferramenta utilizada para comunicar com os seus subscritores. Esta ferramenta trata-se de um email, enviado com alguma regularidade e que pode ter várias finalidades, desde anunciar novidades, incentivar visitas ao site, divulgar promoções de produtos ou partilhar conteúdos.

Estes emails podem ser mensagens de texto, ou texto e imagem. O essencial é que sejam enviados para todos os que mostraram interesse em os receber. Plataformas como o Mailchimp são de grande ajuda neste campo já que possibilitam o contacto e a gestão da sua base de dados de subscritores, ao mesmo tempo que são asseguradas todas as políticas de proteção de dados.

  1. Aplicações para realizar reuniões online

Sempre que precisar de fazer alguma reunião, não só com clientes como também com possíveis parceiros, poderá fazê-lo a partir do seu computador, utilizando um serviço de videoconferência.

Dentro das aplicações mais utilizadas pelas empresas de todo o mundo para realizar reuniões através de chamada de vídeo tem: o Zoom, o Skype, o Google Hangouts, o Microsoft Teams e até mesmo serviços mais dirigidos ao foro particular, como o Messenger do Facebook ou o WhatsApp. Qualquer uma destas ferramentas permite fazer chamadas de vídeo em grupo, ou seja, com mais do que duas pessoas.

  1. Armazenamento dos documentos

Quando falamos em ferramentas necessárias para lançar o seu negócio online, falamos também do espaço online para armazenar todos os seus documentos e informações.

Para tal, existem espaços virtuais para que possa guardar em segurança os seus ficheiros, permitindo que estes possam ser acedidos a partir de qualquer lugar e de qualquer dispositivo.

Há várias empresas nesta área e que poderá explorar com detalhe os planos e os valores. Muitas delas oferecem planos gratuitos e, numa fase inicial, este armazenamento poderá ser suficiente para si. Um desses casos é o Google Drive, que disponibiliza 15 GB totalmente gratuitos para todos os utilizadores com acesso a ferramentas online de criação de texto, de slides e de ferramentas de cálculo.

Se eventualmente precisar de mais espaço, aí sim poderá fazer uma pesquisa e procurar o serviço que vai ao encontro daquilo que precisa e das suas possibilidades financeiras.

  1. Ferramentas gratuitas para lançar o negócio online

Um negócio online pode ter várias formas, desde um e-commerce, um serviço, um blog ou um curso.

Tal como pôde verificar, existem muitas ferramentas totalmente gratuitas à disposição de qualquer pessoa e que fazem toda a diferença neste processo de criação de um negócio digital.

Montar um negócio do zero é cada vez mais simples e, nesse sentido, num mundo tão competitivo, o próximo passo é garantir que se destaca da concorrência. Para isso, crie uma estratégia e procure métodos para potenciar o seu negócio sem gastar muito dinheiro.

Créditos: @austindistel

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.