Já inspirou a personagem principal de um filme, a da vilã da longa-metragem «O Diabo veste Prada». Apelidada de Wintour Nuclear, alcunha que a compara a uma verdadeira bomba nuclear, Anna Wintour, a famosa diretora da edição norte-americana da revista Vogue, é conhecida pela sua personalidade arisca na redação da famosa revista. Logo, não é de admirar que tenha tão bons conselhos profissionais a dar. Alguns deles foram recentemente alvo de investigação por parte do jornalista, escritor e assessor político Alistair Campbell no livro «Winners, And How They Succeed», «Vencedores e Como Foram Bem-Sucedidos» em tradução livre. Estas são algumas das suas recomendações mais emblemáticas:

1. Sobre melhorar

«Nunca ficamos de luto por causa de uma edição. Não preciso que me digam se foi uma boa edição ou má. Nós sabemos, então seguimos em frente», refere a diretora da Vogue.

2. Sobre liderar

«É ter uma ideia e executá-la. Ideias são centavos de uma dúzia. É a forma como é realizada», assegura Anna Wintour.

3. Sobre inspirar

«Acho que temos de sair e ver coisas. Filmes, peças de teatro, exposições... Viajo muito. Sempre que saímos, seja apenas para caminhar na rua, temos uma ideia», afirma a diretora da revista.

4. Sobre tomar decisões

«Mesmo que não tenha muitas certezas sobre si mesma, finja que tem. A maioria das pessoas evita-o. Eu decido rápido. Acho que é útil para as pessoas que trabalham connosco. O mundo em que estamos é sobre instinto e ser rápido e dar respostas», confidencia.

5. Sobre as manhãs

«Acordo todos os dias às cinco da manhã. Sempre fui madrugadora e fico ansiosa por chegar ao escritório», confessa Anna Wintour.

6.Sobre desligar

«Não tenho uma vida agitada fora do trabalho. Sou ótima a desligar», assume.

Texto: Joana Brito

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.