Olhar

Como a personagem faz o contacto ocular com o consumidor, irá definir se lhe está a fazer um pedido ou uma oferta/oportunidade.

cristiano ronaldo

Se a personagem olha, olhos nos olhos do leitor,irá ser precedido como um pedido.

É como se, a personagem exigisse, esperasse algo ou alguma acção do  consumidor, parece pedir com benevolência para que o consumidor compre e além disso o texto escrito fortalece o pedido em tom de "ameaça": “O último que comprar...; Faça como...!;Compre já!; Aproveite já, ...”.

cristiano ronaldo publicidade

Se a personagem não olha para o consumidor, serve para fazer uma oferta ou dar-lhe a "oportunidade" de ser como a personagem.

Neste caso, o intuito não é aproximação, antes pelo contrário, é um distanciamento, é para colocar a personagem numa posição que não a mesma do consumidor e seduzi-lo a adquirir o produto para alcançar ou estar na mesma posição da personagem.

" Quero ser como o Cristiano Ronaldo! Logo tenho de comprar..."

Distância 

O tipo de corte, da parte do corpo utilizado na fotografia, determina a distância social entre a personagem e o consumidor.

cristiano ronaldo publicidade

Desta forma, se o plano for aberto ou geral, exibindo o corpo inteiro da personagem, pode-se dizer que a distância que se estabelece entre a personagem e o consumidor é máxima, conferindo um carácter de impessoalidade, ou seja, a personagem e o consumidor não se conhecem, a personagem parece estar distante e muitas vezes não olha para o consumidor para que este assuma somente a postura de um mero observador.

" Uaauuu! Olha o que ele usa! "

cristiano ronaldo publicidade

Se  apresenta um plano médio, ou seja, corte pela cintura da personagem, pode dizer-se que a distância social estabelecida é intermediária, nem máxima, nem mínima. Assim, a personagem apresenta-se ao consumidor como  alguém conhecido, em quem pode confiar. Não é nenhum desconhecido, mas, ao mesmo tempo, não é nenhum amigo íntimo.

cristiano ronaldo publicidade

Se o plano é somente dos ombros para cima e onde a cara é a parte com maior destaque, serve para ser percebido como amigo intimo e em quem confia, e é aquele de quem ouve conselhos sobre os produtos que deve usar.

Poderá ter também a intenção de demonstrar a eficácia dos efeitos que pode obter com o uso de determinado produto, quando se trata de produtos de beleza.

 Relação "Poder" com o consumidor

A perspetiva em que a personagem é colocada ajuda a dar ou retirar "poder" e/ou autoridade ao consumidor, porque quando reconhecemos autoridade temos tendência a seguir ordens sem pensar muito nisso.

cristiano ronaldo publicidade

Quando a personagem está representada a olhar para cima, é o consumidor que controla e que se encontra em posição de poder e decidir o que quer.

"Preciso de ti" 

cristiano ronaldo publicidade

Quando a personagem olha olhos nos olhos do consumidor, existe igualdade de poder entre os dois.

" Tu és como eu!"

cristiano ronaldo publicidade

Quando a personagem olha para baixo ou tem o queixo levantado, acaba por colocar o consumidor em situação de inferioridade ou elevar o estatuto da personagem.

" Eu sei  e respeito o que diz" ou "Quero ser como tu!"

cristiano ronaldo publicidade

Pupilas

As pupilas aumentam quando gostamos de algo, por isso muitas vezes são manipuladas, aumentando-as para demonstrar esse mesmo gostar inconsciente por parte das personagem.

" Se ele gosta, eu também gosto" 

Alexandre Monteiro
Especialista em Comportamento Humano | sou@pessoab.pt | Visite os Segredos da Linguagem Corporal
Nº1 Nacional a partilhar a Linguagem Corporal para todos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.