É ela que suporta o peso do nosso corpo, permitindo-lhe manter-se ereto; com o auxílio das costelas, a coluna protege as vísceras e órgãos vitais, como o coração, pulmões e fígado; protege a espinal medula e os nervos espinais. Permite também a flexibilidade, para a frente, para trás e para os lados, bem como a função de rotação.

Frequentemente, ouvimos falar da incidência dos problemas da coluna. Também quase todos nós já tivemos, em algum momento, um problema de coluna. Mas será que são assim tão óbvios os problemas originados por perturbações na coluna vertebral?

Hoje quero falar-vos daqueles problemas que, podendo ter origem na coluna vertebral, são ainda tratados sem que essa causa seja tida em conta.

Algumas vez imaginou que a sua faringite, mais ou menos repetitiva, pode dever-se primariamente a uma alteração na quinta vértebra da sua cervical? E que as suas indigestões, para as quais não encontra justificação, podem ser provocadas por uma compressão ou subluxação da sétima vertebra dorsal? Ou que a obstipação é fruto de perturbações ao nível da primeira vértebra lombar?

Como já disse, uma das funções da coluna vertebral é a proteção da espinal medula e dos nervos espinais, ou seja, o canal formado pelo buraco central das vértebras, alinhadas umas sobre as outras. É por onde passa o cabo condutor de energia que permite a conexão entre o nosso cérebro e os nossos órgãos. Se, em algum momento esse cabo for interrompido, percebe-se que a energia ficará bloqueada, interrompendo assim a boa comunicação entre o sistema nervoso central e o orgão alimentado por ele.

Uma vez interrompida essa comunicação, o órgão deixa de ser capaz de desempenhar corretamente, ou de todo, as suas funções, o que, não sendo tratado, pode levar à falência funcional e no limite à sua deterioração orgânica.

Esta é apenas uma boa razão para se preocupar em manter uma coluna vertebral saudável. Para que isso seja possível, faça um check up à sua coluna pelo menos uma vez por ano.

Por Ana Passadeiras, Osteopata nas Clínicas Em Forma

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.