Os ovos de chocolate, os folares nas mesas, os coelhinhos... é oficial, a Páscoa chegou! E por muito que tentemos resistir, é praticamente impossível. Já diz o ditado: “Se não podes vencê-los, junta-te a eles!”.

E como a tentação é muita, a equipa do Instituto de Implantologia decidiu partilhar com todos um “kit de sobrevivência” para esta época mais gulosa que estamos a viver, de forma a tentar minimizar os danos.

Se por um lado a Páscoa é sinónimo de dias mais doces, o consumo excessivo de açúcar significa também que devemos estar mais alertas com a saúde oral. Vamos então descobrir o que está dentro deste “kit de sobrevivência”, que se resume a uma dica essencial: redobrar os cuidados.

Costumamos dizer que andamos sempre com a casa às costas dentro das malas, pastas, mochilas de trabalho ou até mesmo nos carros. Para quem ainda não o fez, este é o momento certo para incluir uma escova de dentes naquilo que transporta consigo diariamente.

O ideal será escovar os dentes duas vezes ao dia, mas não logo após a ingestão destas sobremesas. Devemos sim aguardar cerca de 30 minutos. Escolher momentos do dia para comer doces é também crucial, de forma a não passar o dia a “petiscar”, evitando assim manter-se níveis constantes de açúcar na boca. O que se irá traduzir num maior risco de cárie dentária.

Caso não seja possível escovar, deve-se pelo menos bochechar com um colutório ou com um elixir bucal. Ainda sobre o tipo de doces que consumimos. Para quem preferir o chocolate preto, deve continuar a privilegiar essa opção, pois a quantidade de açúcar que este possui é menor e inevitavelmente provocará menos danos.

Além da escova, e apesar de muitos não utilizarem com regularidade, o fio dentário deve estar presente nas práticas de higiene oral. E para quem usa aparelhos dentários, especialmente os mais tradicionais com braquetes metálicos, os cuidados devem aumentar. Não só no que diz respeito à higiene, pois os diferentes alimentos acumulam-se com mais facilidade na cavidade oral, mas também por outro motivo.

Quando se saboreia doces muito duros, como os chocolates que ficam no frio, caramelos ou ainda gomas mais rijas, a probabilidade de descolar ou até mesmo de partir peças do aparelho é bastante elevada. Além da fita dentária, os escovilhões ajudam também a remover este tipo de alimentos mais pegajosos dos dentes.

Por último: beber muita água. A água ajuda a estimular produção de saliva, auxiliando desta forma a remoção de alimentos, evitando assim a criação de bactérias.

Viva esta Páscoa com saúde!

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.