Pequena, situada no pescoço e quase impercetível, a tiróide é uma glândula essencial para o bom funcionamento do nosso organismo.

A tiróide é responsável por mecanismos tão diversos e complexos como a regulação da frequência cardíaca, pressão arterial, temperatura corporal e função intestinal, bem como do nosso peso corporal e do nosso estado emocional.

O hipotiroidismo acontece quando a glândula produz hormonas tiroideias em quantidade insuficiente para o normal funcionamento do nosso organismo. O diagnóstico precoce é essencial para controlar e tratar as disfunções da tiróide.

Cancro da tiroide pode não ter sintomas nenhuns. As explicações de uma médica
Cancro da tiroide pode não ter sintomas nenhuns. As explicações de uma médica
Ver artigo

Em primeiro lugar, o médico irá avaliar os sinais e os sintomas e irá realizar o exame físico. No entanto, é através de análises laboratoriais que se confirma se há algum problema com esta glândula. Para tal, é necessário proceder a uma colheita de sangue, através da qual serão medidos os níveis hormonais. Além destes testes, o médico poderá ainda solicitar a realização de outros exames complementares como a ecografia e a cintigrafia tiroideia.

Esteja atento ao seu pescoço. Dada a importância que esta glândula tem para o funcionamento do nosso organismo, é aconselhável observar o seu pescoço com alguma regularidade.

O que vai precisar?

- De um copo com água

- De um espelho

1. Coloque-se em frente a um espelho e foque o seu olhar para a área abaixo da maçã de adão e imediatamente acima da clavícula. É nessa zona que se localiza a tiróide;

2. Enquanto mantém o olhar nessa zona, recline a cabeça, de modo a que o seu queixo fique a apontar ligeiramente para o teto e o seu pescoço esticado;

3. Beba um pouco de água e engula lentamente;

4. Durante este ato, observe o seu pescoço e procure sinais de aumento na zona da tiróide. Repita este processo várias vezes;

5. Apalpe a área em volta da tiróide, procurando detetar algum inchaço, alto ou nódulo.

Distúrbios da tiroide: causas, sintomas e tratamento
Distúrbios da tiroide: causas, sintomas e tratamento
Ver artigo

Como é tratado o hipotiroidismo?

O hipotiroidismo é tratado com uma dose diária de levotiroxina em jejum (30 minutos antes do pequeno-almoço e 1 hora antes da toma de café), a mesma hormona que é produzida pela glândula da tiróide. Provavelmente precisará da medicação para o resto da sua vida. A dosagem deverá adaptada em caso de gravidez.

Caso detete alguma alteração ou algo que lhe pareça fora do normal, procure ajuda de um profissional de saúde. Se desconfia que sofre de algum distúrbio da tiróide, não o ignore.

A evolução da doença tem sinais e sintomas inespecíficos, comuns a outras condições como a depressão ou a menopausa e que podem retardar o diagnóstico por meses ou anos.

"Sintomas do cancro da cabeça e pescoço são facilmente desvalorizados", alerta médica
"Sintomas do cancro da cabeça e pescoço são facilmente desvalorizados", alerta médica
Ver artigo

Fique atento aos seguintes sinais

- Intolerância ao frio/calor;

- Queda de cabelo/ cabelo enfraquecido;

- Transpiração excessiva;

- Cansaço;

- Depressão;

- Aumento de peso;

- Perturbações do sono;

Consulte o seu médico ou farmacêutico.

As explicações são da médica Isabel Manita, especialista em Endocrinologia.

As Farmácias Holon, em parceria com a Merck, lançam a campanha de sensibilização ‘PODE SER DA TIROIDE’, destinada a pessoas com Hipotiroidismo e também ao público em geral.

Esta campanha vai decorrer até ao final do ano, em 172 farmácias, de norte a sul do país.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.