Apesar da retenção de líquidos poder afetar qualquer parte do corpo, é mais frequente nas mãos, braços, pés, tornozelos e pernas.

A retenção de líquidos é causada pela acumulação de fluidos nos tecidos corporais.

Isto acontece quando o sistema linfático, encarregue de drenar os fluidos presentes na linfa e de os direcionar para a corrente sanguínea falha.

Tal verifca-se devido a alterações hormonais, a um estilo de vida sedentário, a uma dieta rica em sal e pobre em nutrientes essenciais, aos efeitos de alguns fármacos ou devido aos efeitos de certas patologias. João Maia, fisioterapeuta, indica estratégias ao nível do estilo de vida que ajudam a contrariar o edema:

- Evite ficar muito tempo parada, especialmente em pé
Se o seu trabalho exigir longos períodos de tempo na mesma posição, experimente usar meias de descanso ou elásticas. Para diminuir o inchaço das mãos pode espreguiçar-se várias vezes ao dia.

- Evite fontes de calor
Eletrodomésticos como o forno ou o ferro de engomar devem ser utilizados com moderação, especialmente no inverno, pois as diferenças de temperatura provocam, muitas vezes, um edema de formação rápida, difícil de reabsorver, sobretudo nas mãos.

- Perca peso
Perder peso pode fazer uma grande diferença na redução do edema. É recomendável a perda de peso gradual, com recurso a dietas equilibradas e exercício físico moderado.

- Recorra à fisioterapia
Poderá ser benéfica nos casos de edema mais pronunciado. A aplicação de bandas não-elásticas multicamadas e a massagem de drenagem linfática demonstraram ter efeitos positivos na redução do volume dos membros superiores.

- Pratique exercício físico moderado

As caminhadas são um bom exemplo, com um baixo impacto para o organismo e com efeitos benéficos na melhoria do sistema de circulação sanguínea dos membros inferiores.

- Corte no sal
O edema idiopático pode melhorar muito se reduzir o consumo de sal. Uma maneira de o fazer é substituir o sal por ervas aromáticas e reduzir a ingestão de alimentos processados.

- Coma alimentos ricos em potássio
Este mineral, presente na maioria dos frutos, pode ajudar a reduzir os níveis de sódio (sal) no organismo e, assim, diminuir o edema

Texto: Madalena Alçada Baptista com João Maia (fisioterapeuta) e Eugénia Isidoro (médica especialista em medicina geral no British Hospital Lisbon XXI)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.