Envelhecer é um processo natural, no entanto, isso não supõe que o idoso esteja determinado à ausência de saúde ou à falta de acesso aos meios necessários, que possibilitem o usufruto da qualidade de vida.

Encontrar o equilíbrio, de modo a que os idosos consigam um envelhecimento ativo, deve ser também uma tarefa destinada e exercida pelo conjunto da sociedade.

É importante que as pessoas que estão na terceira idade procurem ter como meta um estilo de vida ativo. Neste sentido, é necessário procurar um tipo de atividade que lhe dê prazer, divertimento e satisfação.

Na prática de atividades físicas e de cuidados de beleza, vários benefícios são adquiridos, tais como a diminuição da depressão, a melhoria da autoestima, a manutenção dos reflexos, a flexibilidade, a mobilidade, entre outras.

Melhorar a qualidade de vida das pessoas mais velhas é uma atitude atualmente levada muito a sério, uma vez que se entende que pode dar origem a menos doenças, ou pelo menos a adiar o seu aparecimento.

A massagem é um dos meios que se pode utilizar para se manter a qualidade de vida dos idosos, ajudando-os e aliviando-os dos problemas mais comuns que aparecem com a idade: artrite, reumatismo, fadiga muscular, perda de elasticidade das cartilagens e dos discos intervertebrais, cansaço geral, ansiedade, depressão, além do mau funcionamento dos órgãos internos, especialmente do coração.

Massagem na 3ª idade – Aspetos fundamentais
A técnica de massagem para idosos não é muito diferente da massagem normal, no entanto, as técnicas utilizadas necessitam de ter em consideração que o corpo envelhecido tem que ser movimentado com mais cuidado.

O idoso deverá deitar-se de forma cuidadosa na cama de massagem, numa posição que permita receber o cuidado. As mãos e os pés são membros muito afetados pela idade. Uma massagem nas mãos ou uma massagem nos pés dar-lhes-á a consciência deste membros, melhorando a circulação sanguínea e trazendo mais bem-estar.

As articulações que estejam inflamadas não são massajadas, os alongamentos não devem ser muito vigorosos, as áreas afetadas não devem ser exercitadas em demasia, ao contrário das articulações saudáveis.

Resultados da massagem
- A pessoa vai respirar melhor, logo aumentará a sua vitalidade e estimular toda a sua função.
- A temperatura basal aumenta. Como os idosos têm sempre frio todas estas manobras servem para aumentar a temperatura da pele pois esse calor dá-lhes vida.
- As fricções e o movimento constante resultam numa flexibilidade e tonificação dos tecidos e dos músculos que permitirão ao idoso ter mais força para realizar diversos atos quotidianos.

Para fazer em casa
O movimento é essencial, assim, principalmente para que tem artroses, brincar com plasticina pode ser um bom exercício. Para além disso, o idoso pode ainda disponibilizar um recipiente com água muito quente e sal grosso e outro com gelo para colocar as suas mãos e/ou pés. O procedimento indicado para este banho de contrastes é fazer 3 minutos de quente e 1 minuto de frio. Enquanto tem as mãos e/ou pés na água, o ideal é ter nesses recipientes algumas bolinhas para que as possa agarrar.

8 dicas para um envelhecimento ativo
- Exercite o corpo
- Coma bem e faça escolhas saudáveis
- Revitalize e estimule a mente
- Explore a sua sexualidade
- Relacione-se com os outros
- Sinta-se seguro
- Seja positiva
- Otimize o seu bem-estar

Texto: Patrícia Velez Filipe
Terapeuta: Eduardo Mata Vilalta
Fotografia: Alexandre Sá
Fonte: Manual de Envelhecimento Ativo, de Oscar Ribeiro e Constança Paúl, Lidel - Edições Técnicas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.