Relativamente aos hábitos alimentares, estes devem ser corrigidos de forma a remover os alimentos que predispõem ao desenvolvimento da celulite, tais como: fritos, alimentos gordos, açúcar refinado, bebidas alcoólicas, alimentos com cafeína, etc. Recomenda-se ainda um consumo adequado de água, mediante as necessidades individuais, ingestão abundante de hortofrutícolas, cereais integrais, entre outros.

Deve haver ainda um bom aporte de bioflavonoides, de forma a melhorar a circulação sanguínea e melhorar os processos inflamatórios, bem como de vitamina E, C, B6, B12, ácido fólico, potássio, cálcio, sílicio e magnésio.

Para além dos cuidados alimentares estruturados, torna-se importante a prática regular de atividade física, evitar o consumo de álcool e deixar de fumar.

Quando existe um peso excessivo, torna-se ainda benéfica uma redução ponderal para a redução da celulite.

O ideal é prevenir o aparecimento de celulite, mas caso já esteja instalada deve-se prevenir a sua evolução e trabalhar na sua redução.

Dra. Joana Pinheiro
(nutricionista)

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.