16 de dezembro de 2013 - 11h55
A iniciativa é da Valormed, sociedade gestora de resíduos de embalagens vazias e medicamentos fora de uso, e tem como objetivo principal educar para o futuro ao incutir nas crianças a necessidade e o hábito da separação de resíduos.
Entre 2 de dezembro de 2013 e 4 de abril de 2014, todas as escolas públicas e privadas portuguesas, situadas em Portugal Continental e que lecionem o primeiro ciclo do ensino básico, podem participar da Grande Corrida de Sacos Valormed. 
Mediante inscrição, as primeiras 300 escolas com a participação validada pela organização do projeto, irão lutar por um dos cinco lugares vencedores, cujo prémio se traduz na construção de um parque infantil nas instalações da escola. A meta? Promover a recolha a nível doméstico do maior número de embalagens vazias e medicamentos fora de uso e entregar na farmácia.
Alerta verde
O principal objetivo da Grande Corrida de Sacos, ação de sensibilização ambiental da Valormed, é claro: alertar as crianças, para a necessidade e importância da entrega de resíduos farmacêuticos nas farmácias (para que seja feita a sua separação, classificação e, depois, a reciclagem e valorização dos materiais recolhidos) e para que estas, por sua vez, transmitam estes conhecimentos aos seus familiares e amigos.
Ao envolver a comunidade escolar nesta ação, pretende-se ainda que todos contribuam, nomeadamente, professores e funcionários das escolas participantes. Esta ação pretende chegar a toda a sociedade, mas sobretudo junto dos mais novos, educando-os para o futuro.
Deste modo, pretende evitar-se a deposição destes resíduos no lixo doméstico ou o vazamento dos restos de medicamentos nos esgotos, com consequente contaminação dos solos e águas. Atribuindo uma componente competitiva e um prémio apetecível, a organização da ação aposta na sensibilização dos mais pequenos, fornecendo material didático com informação sobre a temática a todas as escolas participantes. 

Cabe depois aos professores explicar a todos os alunos as vantagens da separação de resíduos farmacêuticos e incentivar as crianças a passar esse conhecimento aos pais, familiares e amigos adultos, sendo que serão estes a desempenhar o papel mais ativo na ação ao entregarem na farmácia os medicamentos fora de uso e respectivas embalagens e materiais, referindo sempre o código da escola, para que a entrega seja contabilizada.
Só pode existir um vencedor… Ou cinco!
Após validada a inscrição da escola (é possível efetuar inscrições entre 30 de setembro e 8 de novembro de 2013), a entrega dos resíduos farmacêuticos deve ser feita numa das farmácias aderentes à ação. 
Para saber quais os possíveis locais de recolha, é necessária a consulta da lista de farmácias aderentes à Grande Corrida de Sacos Valormed em: www.corridadesacos.pt (menu Participantes, filtrando por Farmácias Aderentes). Todas estas farmácias vão receber um autocolante identificativo para a montra, para simplificar a identificação. 
As cinco escolas que recolherem o maior número de embalagens vazias e medicamentos fora de uso nas farmácias aderentes serão as vencedoras e irão receber como prémio um parque infantil nas instalações das mesmas. Até abril de 2014, altura em que serão reveladas as cinco escolas vencedoras, é possível acompanhar a classificação da Grande Corrida de Sacos no site da ação (a classificação estará online a partir do mês de dezembro). 
Independentemente de fazer parte desta grande iniciativa ou não, não se esqueça do meio ambiente e entregue os resíduos farmacêuticos na farmácia aderente ao projeto Valormed mais perto de si! 
A missão da Valormed
A Valormed é uma sociedade gestora sem fins lucrativos, licenciada pelos Ministérios do Ambiente e da Economia, a quem foi atribuída a gestão dos resíduos das embalagens vazias e medicamentos fora de uso. Esta sociedade foi criada em 1999 e resultou da união de esforços entre as principais associações do setor cadeia do medicamento - Indústria Farmacêutica, Distribuidores e Farmácias -, com o objetivo de diminuir o impacto dos medicamentos fora de uso e materiais que os compõem sobre o ambiente e a saúde dos cidadãos.
Para além dos resíduos oriundos das farmácias comunitárias, a Valormed faz também recolhas nas farmácias hospitalares e de medicamentos de uso veterinário em explorações agrícolas. Neste último caso, um exclusivo a nível europeu.
Por Saúde Notícias

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.