A vacina BCG, destinada à prevenção da tuberculose, está esgotada na Região Norte e muitos foram os pacientes que ficaram com os tratamentos suspensos desde julho, escreve o Jornal de Notícias.

A Administração Regional de Saúde do Norte diz que se trata de um problema de “rutura” por parte do fornecedor (único laboratório que produz vacina na Dinamarca) e que os problemas de fornecimento se arrastam “desde fevereiro”. Não é a primeira vez que este problema com o laboratório acontece em Portugal e na Europa.

Segundo informações obtidas pelo Jornal de Notícias, na primeira semana de agosto, havia apenas três unidades da vacina no armazém da ULS de Matosinhos, sendo que o stock estava a zero nos restantes quatro armazéns que abastecem os centros de saúde e hospitais.

Ontem, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo dispunha de vacinas “para cerca de 10 dias” e, ao que tudo indica, a empresa fornecedora já informou que está com uma “rutura de stock” e que é “expectável” que retome o fornecimento “nunca depois de 15 de novembro”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.